Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,2608 | Euro R$ 5,6075
Search

Homem flagrado assediando mulher em elevador é demitido

Vítima é nutricionista e teve as nádegas apalpadas enquanto deixava o elevador; Polícia Civil investiga o caso

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 19 de março de 2024 - 15:15
Homem assedia mulher dentro de elevador em Fortaleza
Homem assedia mulher dentro de elevador em Fortaleza -

O homem flagrado assediando uma mulher dentro do elevador de um prédio comercial em Fortaleza na última sexta-feira (15) foi demitido da empresa em que trabalhava.

A informação foi confirmada pela empresa M7 Investimentos, que publicou uma nota sobre o caso em suas redes sociais.

“Ao tomar conhecimento do recente episódio envolvendo a conduta na esfera pessoal de um de seus agentes autônomos de investimentos, a M7 vem a público informar que o referido profissional foi afastado de suas atividades na empresa, de imediato e em definitivo, sem prejuízo do exercício do seu direito de defesa junto às instâncias competentes”, disse a empresa.


Leia mais

Família tem casa incendiada no Laranjal e cria vaquinha online para recomeçar

Idosa sofre golpe do empréstimo consignado e tem prejuízo de 15 mil reais


No registro, junto à junta comercial, consta que o homem que foi afastado também é sócio da consultoria de investimentos.

De acordo com a Polícia Civil do Ceará, a vítima fez um boletim de ocorrência e as investigações estão a cargo da Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza.

Assédio no elevador

O crime aconteceu na última sexta-feira (15) e foi registrado por câmeras de segurança do elevador. De acordo com o advogado da vítima, Raphael Bandeira, a mulher que aparece na gravação é nutricionista e trabalha no local. No momento do crime, ela havia encerrado seu expediente de trabalho e entrou no elevador para ir à garagem do edifício.

No vídeo, é possível ver que quando a nutricionista sai do elevador, o homem apalpa suas nádegas e foge logo em seguida.

Segundo a vítima, no momento do crime ela não reagiu devido ao choque inicial. Porém, logo em seguida, começou a gritar e chorar, sendo amparada por um funcionário do local, que a ajudou a identificar o homem.

Matérias Relacionadas