Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Médico atingido em tiroteio passa por cirurgia e segue em estado grave

Marilton da Silva Vaz foi um dos nove feridos na troca de tiros e está internado no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat)

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 26 de dezembro de 2023 - 13:54
Vítima foi baleada na região cervical
Vítima foi baleada na região cervical -

Uma das vítimas do tiroteio na Avenida Brasil na tarde de domingo (24) passou por cirurgia na noite desta segunda-feira (25) e permanece com quadro de saúde grave.

Identificado como Marilton da Silva Vaz, de 47 anos, o médico ortopedista foi baleado na região cervical. Além dele, seu pai, o pediatra Mário Vaz, de 80 anos, também foi atingido pelos disparos, assim como outras sete pessoas.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) reportou que o ortopedista passou por uma cirurgia nesta segunda-feira (26) no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), em São Gonçalo, e está internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI).


Leia também

➢ Duas das nove vítimas de tiroteio na Av. Brasil seguem internadas

➢ Caso Marcelinho Carioca: quem são os quatro presos suspeitos de participar do sequestro


O pai e o filho estavam voltando de um culto religioso quando foram baleados. De acordo com a Polícia Militar, agentes do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) avistaram um veículo suspeito saindo do Complexo da Maré e deram ordem de parada, mas os suspeitos atiraram contra os oficiais. Houve um confronto armado, e os criminosos fugiram.

Nove pessoas ficaram feridas, três veículos e uma viatura da PM foram atingidas. Os feridos foram levados para o Hospital Geral de Bonsucesso, e seis receberam alta. Três dos atingidos foram transferidos para outras unidades.

Marilton foi encaminhado para o Heat e o pai, Mário, foi levado para o Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon. O pediatra foi atingido de raspão na cabeça, mas já foi liberado.

Fernando Rodrigues da Silva, um dos atingidos, foi baleado na boca e no tórax. O rapaz está internado em estado grave no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro.

O caso está sendo investigado pela 21ª DP (Bonsucesso). Nesta terça-feira (26), o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) e o Batalhão de Ações com Cães (BAC) estão presentes nas comunidades do Parque União e Nova Holanda, realizando operação nos locais para encontrar os envolvidos no tiroteio.

Até o momento, nenhuma prisão ou apreensão foi registrada.

Matérias Relacionadas