Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Whindersson lamenta morte de jovem vítima de fake news

Menina foi falsamente apontada como affair do influenciador

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 23 de dezembro de 2023 - 19:15
Perfil de fofoca que compartilhou notícia falsa negou responsabilidade por fake news
Perfil de fofoca que compartilhou notícia falsa negou responsabilidade por fake news -

O influenciador digital Whindersson Nunes se pronunciou, através de uma nota oficial publicada por sua assessoria, a respeito da morte de Jéssica Vitoria Canedo, jovem de 22 anos que enfrentava quadro depressivo e morreu nesta sexta (22), algumas semanas após ser apontada falsamente como affair do influencer.

Whindersson lamentou o ocorrido e comparou seu sentimento sobre a notícia à tristeza que sentiu quando perdeu João Miguel, seu filho, que faleceu aos dois dias de vida em 2021. "Estou extremamente triste. Voltei ao dia em que perdi meu filho. Que ninguém passe pela dor de enterrar um filho", afirmou o influenciador.


Leia também:

➢ Família de São Gonçalo procura por adolescente de 13 anos desaparecido

➢ Justiça decreta prisão preventiva de homem que matou a companheira em Búzios


A nota também comenta o 'linchamento virtual' que Jéssica sofreu na ocasião da disseminação da fake news. Depois de ser apontada como affair do artista, a jovem recebeu uma enxurrada de comentários negativos e ataques de internautas em suas redes.

“A Nonstop Produções S.A. e Whindersson Nunes lamentam profundamente o ocorrido e prestam solidariedade à família da jovem Jessica, bem como repudiam, veementemente, o linchamento virtual e o uso nocivo das redes sociais. Se você estiver passando por questões emocionais, busque ajuda. Disque 188 para o CVV – Centro de Valorização da Vida”, conclui a nota do influenciador.

"Choquei" nega responsabilidade

Em uma nota publicada neste sábado (23), a "Choquei", página popular no Twitter/X que compartilhou a fake news sobre Jéssica, publicou uma nota se pronunciando sobre o caso. Assinada pela advogada e ex-BBB Dra. Adélia de Jesus Soares, a nota do perfil de fofocas nega que a empresa tenha qualquer responsabilidade pelas notícias falsas que agravaram o quadro depressivo da jovem.

"Lamentamos profundamente o ocorrido e nos solidarizamos com os familiares e todos os afetados pelo triste acontecimento. Reforçamos nosso compromisso em agir com diligência e responsabilidade. O perfil Choquei, por meio de sua assessoria jurídica, vem esclarecer a seus seguidores e amigos que não ocorreu qualquer irregularidade na divulgação das informações prestadas por esse perfil. Cumpre esclarecer que não há responsabilidade a ser imputada pelos atos praticados, haja vista a atuação mediante boa-fé e cumprimento regular das atividades propostas", alega a nota.

Jéssica foi sepultada na manhã deste sábado (22), na cidade de Araguari, em Minas Gerais.

Matérias Relacionadas