Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,4588 | Euro R$ 5,9135
Search

Polícia Civil prende acusado de matar e ocultar cadáver de vigia

O desaparecimento foi registrado em junho deste ano

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 09 de julho de 2024 - 08:47
O autor foi detido na estação de metrô do Estácio, onde trabalhava em uma barraca de doces
O autor foi detido na estação de metrô do Estácio, onde trabalhava em uma barraca de doces -

Policiais civis da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) prenderam um homem acusado de matar e ocultar o corpo de um vigia. O autor foi detido na estação de metrô do Estácio, onde trabalhava em uma barraca de doces. Segundo as investigações, a vítima, identificada como Alcy Ferreira Pompeu, de 68 anos, foi morta com cerca de 20 facadas.

O desaparecimento foi registrado em junho deste ano. Durante diligências, os agentes foram até a quitinete onde a vítima morava e constataram vários pontos de sangue no imóvel. O corpo de Alcy foi encontrado dias depois, no canal da Avenida Francisco Bicalho. A identificação do cadáver foi possível após confronto papiloscópico.


Leia também:

Julho é mês da saúde bucal: Dentistas do HEAT promovem ações educativas em São Gonçalo

Morre Arthur, filho do cantor Zé Vaqueiro, aos 11 meses


De acordo com as investigações, o autor era responsável pelo casarão onde a vítima morava, no bairro Rio Comprido, na Zona Norte. Os policiais apuraram que ele cobrava aluguel e taxas de moradores, alegando que era para os reparos do local. Alcy, porém, seria considerado um inimigo do acusado, pois ambos estavam em constante conflito. Segundo a DDPA, outras pessoas teriam participado do assassinato de Alcy e depois retirado os pertences de valor do imóvel dele.

A prisão ocorreu nesta sexta-feira (05). O detido é ex-presidiário e tem extensa ficha criminal por tráfico de drogas, roubo e homicídio. O inquérito do caso foi desmembrado para prosseguimento das investigações e identificação dos demais autores do crime.

Matérias Relacionadas