Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,2124 | Euro R$ 5,5606
Search

Polícia analisa câmeras de segurança para desvendar desaparecimento de diarista em Niterói

Vera trabalha como doméstica e saiu de casa para fazer faxina

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 16 de março de 2024 - 09:22
Doméstica saiu para trabalhar em imóvel no Ingá, mas não chegou a aparecer no trabalho
Doméstica saiu para trabalhar em imóvel no Ingá, mas não chegou a aparecer no trabalho -

O desaparecimento da diarista Vera Maria de Souza Gomes, de 62 anos, ainda é um mistério para familiares e Polícia. A moradora do Fonseca, em Niterói, desapareceu após sair para trabalhar na manhã do último domingo (10). De acordo com familiares, Vera trabalha como doméstica e saiu de casa para fazer faxina em um imóvel no Ingá, mas não retornou e não fez qualquer contato com a família desde então.

Agentes do Setor de Descobertas de Paradeiros (SDP) da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG) analisam imagens de câmeras e estão ouvindo familiares para tentar descobrir o que aconteceu na manhã daquele domingo.


Leia também: 

Moradora do Fonseca desaparece após sair para trabalhar

Estado do Rio cria data em homenagem a jovem morto em operação no Salgueiro


Em entrevista a O SÃO GONÇALO, a consultora de atendimentos Stefany Magalhães, de 30 anos, sobrinha da doméstica, contou que a tia já costuma trabalhar no imóvel e que saiu de casa bem cedo. Ela tinha remarcado a faxina para o final de semana e disse para o esposo, com quem vive, que chegaria bem tarde em casa.

"Ela saiu de casa às 5h e pouca da manhã, falando que ia retornar umas 8h, 9h da noite. Ela ia ficar sozinha no apartamento como sempre faz. Quando a patroa chegou, às 10h, o apartamento estava vazio e do jeito que ela tinha deixado", conta Stefany. A patroa de Vera acredita que ela não tenha sequer chegado ao imóvel e não teve nenhum retorno sobre a moradora do Fonseca.

Ainda de acordo com o relato de familiares, Vera não tinha qualquer desavença conhecida e não apresentou nenhum comportamento fora do usual antes do desaparecimento. Ela usava uma blusa amarela quando saiu de sua residência, no Bairro Chic. O caso foi registrado na 78ª DP (Fonseca) e repassado para o Setor de Descoberta de Paradeiros da Divisão de Homicídios da região.

A família pede com informações que possam ajudá-los a descobrir o paradeiro de Vera entrem em contato através do número (21) 99290-8764. As denúncias também podem ser repassadas ao Setor de Descobertas de Paradeiros 2717-2949. Todas as informações têm a garantia do sigilo e anonimato.

Matérias Relacionadas