Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,2608 | Euro R$ 5,6075
Search

Estado do Rio cria data em homenagem a jovem morto em operação no Salgueiro

Dia escolhido, 18 de maio, marca a data em que adolescente foi morto baleado no ano de 2020

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 15 de março de 2024 - 11:33
João Pedro foi morto baleado em 18 de maio de 2020 no Complexo do Salgueiro
João Pedro foi morto baleado em 18 de maio de 2020 no Complexo do Salgueiro -

O governador Cláudio Castro (PL) estabeleceu o dia 18 de maio como o Dia de Luta Jovem Preto Vivo - João Pedro Mattos Pinto. A data agora faz parte do calendário oficial de eventos do Estado do Rio. O decreto foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (13).

Segundo a lei (N° 10.298 de 13 de março de 2024), de autoria do deputado Prof. Josemar (Psol), a Administração Pública promoverá, na data proposta e durante todo o mês de maio, eventos e campanhas educativas voltadas à estimulação do debate sobre racismo, encarceramento e genocídio da juventude negra e periférica.


Leia também:

Caso João Pedro: MP pede que policiais sejam levados a júri popular

Câmara de São Gonçalo cria dia de combate ao genocídio da juventude negra 


João Pedro foi morto baleado aos 14 anos durante uma operação das polícias Civil e Federal no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, em 18 de maio de 2020. As investigações apontaram que o tiro de fuzil que atingiu João pelas costas partiu da arma de um dos policiais que participaram da ação.

Testemunhas relataram que o adolescente jogava videogame com mais cinco amigos na casa do tio, em Itaoca, quando agentes entraram atirando. A investigação também indicou que a cena do crime foi alterada pelos acusados na tentativa de criar vestígios de um suposto confronto com criminosos.

Em janeiro deste ano, o Ministério Público do Rio (MPRJ) pediu para que os policiais acusados pela morte de João Pedro sejam levados a júri popular. Mauro José Gonçalves, Maxwell Gomes Pereira e Fernando de Brito Meister são acusados de homicídio doloso e fraude processual.

Matérias Relacionadas