Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,2608 | Euro R$ 5,6075
Search

Chico 'Cara de Vaca' é preso no Rio

Segundo a polícia, acusado matou vítma com tiro no peito, após ter sido chamado de 'chifrudo', em um sítio chamado São Gonçalo, no Piauí

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 03 de março de 2024 - 10:54
'Chico Cara de Vaca' era foragido da Justiça no Piauí
'Chico Cara de Vaca' era foragido da Justiça no Piauí -

Policiais militares da Sub Secretaria de Inteligência da Polícia Militar (SSI/PMERJ), em ação conjunta com policiais do Serviço Reservado do 20º BPM (Mesquita), após informações passadas pelo Disque Denúncia (2253-1177), prenderam na tarde desta sexta-feira (01), em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, oacusado e  foragido da Justiça do Piauí, Luiz Francisco da Silva, vulgo Chico Cara de Vaca, de 44 anos. 

De posse de informações sobre a localização dele, os militares conseguiram localizar e prender o procurado, em um canteiro de obras em Nova Iguaçu Chico não ofereceu resistência ao receber voz de prisão. 

O crime aconteceu em novembro de 2011, no sítio São Gonçalo, na região de Fronteiras, quando a vítima Cícero Leriano Pereira, foi morto após uma discussão de bar, por causa de uma música. Ao ouvir uma música, a vítima teria chamado Chico Cara de Vaca, de “chifrudo” e o acusado desferiu um tiro no peito de Cícero, fugindo logo em seguida do local do crime. 

Contra ele, constava um Mandado de Prisão, expedido pela Vara Única de Fronteiras/Tribunal de Justiça do Estado do PiauÍ. O Mandado de Prisão de número 0000064-59.2012.8.18.0051.01.0002-13, foi expedido pela Justiça pelo crime de Tipificação Penal - Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), inciso II do CP,

Diante dos fatos, o preso foi levado à 58ª DP (Nova Iguaçu), onde foi confirmado e cumprido o mandado de prisão e tomadas as medidas cabíveis sobre o caso. Depois ele foi encaminhado a uma unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça do Estado do Piauí. 


Leia também: 

Família busca por morador do Zé Garoto desaparecido

Flamengo vence Madureira e conquista a Taça Guanabara


Denuncie a localização de foragidos da Justiça de outros estados, escondidos no Rio de Janeiro, de forma anônima, ao Disque Denúncia:

Central de atendimento: (021) - 2253 1177 ou 0300-253-1177

WhatsApp Anonimizado: (021) – 2253-1177 (técnica de processamento de dados que remove ou modifica informações que possam identificar uma pessoa)

Aplicativo: Disque Denúncia RJ

O anonimato é garantido.

Matérias Relacionadas