Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9953 | Euro R$ 5,4069
Search

Festa no Jardim Catarina, em SG, tem 'fuzis para o alto' em frente ao DPO (vídeo)

PM emitiu comunicado reprovando comportamento de foliões ao exibir réplicas e simulacros de armas. Corporação diz que prática ilegal será coibida

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 10 de fevereiro de 2024 - 14:34
Nas redes sociais, circulam vídeos de menores com réplicas de arma em festa de Carnaval
Nas redes sociais, circulam vídeos de menores com réplicas de arma em festa de Carnaval -

Uma festa de Carnaval em frente ao Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) do Jardim Catarina, em São Gonçalo, foi motivo de polêmicas nas redes sociais no começo desse sábado (10). Um grupo de foliões foi visto "ostentando" réplicas e simulacros de armas de fogo durante o festejo. O 7° BPM (São Gonçalo) emitiu um comunicado reprovando o comportamento. 

Em uma série de registros compartilhados nas redes sociais, é possível ver moradores festejando com réplicas de fuzil apontadas para o alto em um baile de Carnaval, na Avenida Dr. Albino Imparato. Outras imagens mostram menores de idade fantasiados chegando na festa com os simulacros de armas. Confira um dos vídeos que viralizou nas redes: 


Autor: Reprodução/Redes Sociais | Descrição:

Leia também:  

➢ Incêndio em supermercado tumultua Centro de Niterói  

➢ Carnaval: confira o guia da folia nas cidades da região  


O comportamento dos foliões chamou a atenção do Batalhão de Polícia Militar local, que publicou um texto assinado pelo comandante Coronel Ângelo Barbosa reprovando o comportamento dos foliões. No comunicado, o comandante define o uso das réplicas como "clara exaltação ao tráfico local" e afirma ter acionado autoridades políticas do município.

"Condutas como essas são criminosas e irresponsáveis. O 7° BPM, visando garantir um carnaval seguro para a população gonçalense, informa que condutas como essas estão sujeitas a apreensão dos menores e prisão dos maiores de 18 anos para apresentação a autoridade policial competente. Informa ainda que foram feitos contatos com a Prefeitura de São Gonçalo, vereador do bairro e outras autoridades solicitando o cancelamento do evento de carnaval no bairro, caso venha a ocorrer novamente ações de natureza criminosa como as demonstradas no vídeo", diz o comunicado. 

Não houve registro de ação policial ou apreensões no festejo da última sexta-feira (09). Neste sábado (10), a Prefeitura realiza no mesmo endereço um baile do projeto "Carnaval Raiz", previsto para acontecer entre 17h e 00h.   

Matérias Relacionadas