Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

PM que matou morador na Maré é preso em flagrante

Caso é tratado como homicídio culposo

relogio min de leitura | Escrito por Agência Brasil | 09 de fevereiro de 2024 - 11:25
O policial ficará detido na Unidade Prisional da PM, em Niterói
O policial ficará detido na Unidade Prisional da PM, em Niterói -

Um policial militar suspeito de matar um morador do Complexo da Maré durante protesto, na manhã de quinta-feira (8), no conjunto de favelas localizado na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi preso em flagrante depois de prestar depoimento. O caso foi filmado e é tratado pela Polícia Civil como homicídio culposo porque a Delegacia de Homicídios considerou que ele não teve a intenção de matar.

De acordo com nota divulgada pela Polícia Militar, o policial foi acionado - junto com companheiros do Batalhão da Maré - para intervir numa manifestação, que ameaçava fechar a Avenida Brasil, via expressa que liga a zona oeste ao centro do Rio.


Leia também:

Homem é preso por matar amigo a facadas em Niterói

Jovem de 23 anos é vítima de latrocínio em Maricá 


Preso em flagrante

Ainda segundo a PM, o fuzil do policial disparou e atingiu um manifestante. O policial foi preso em flagrante pela 1ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar, depois de prestar depoimento, na noite de quinta-feira (8). A arma e sua câmera corporal foram recolhidas como provas para a investigação.

O policial também foi ouvido pela Delegacia de Homicídios, que periciou o local O corpo do morador foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O caso foi encaminhado para a Justiça Militar e o policial militar ficará detido na Unidade Prisional da PM, em Niterói.

Ainda na quinta-feira (8), a ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, classificou o vídeo que mostra as imagens do homicídio de “aterrorizante” e disse que vai acompanhar as investigações.

Matérias Relacionadas