Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9953 | Euro R$ 5,4069
Search

Ator de novela da Record desaparece no Rio

Edson Caldas também era entregador e foi visto entrando em carro de desconhecido

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 06 de fevereiro de 2024 - 17:44
Conhecido por papel na novela Gênesis, artista desapareceu na última sexta (02)
Conhecido por papel na novela Gênesis, artista desapareceu na última sexta (02) -

Está desaparecido desde a última sexta-feira (02) o ator e entregador Edson Caldas Barboza, de 29 anos. Conhecido por integrar o elenco da novela Gênesis, da TV Record, ele foi visto pela última vez entrando no carro de um desconhecido em Coelho Neto, na Zona Norte do Rio.

De acordo com testemunhas, Edson, que trabalhava como entregador de pedidos feitos por aplicativo, foi visto saindo de um bar na região, na sexta. Ele teria recebido uma demanda de entrega, mas foi abordado por um homem no estabelecimento e foi visto entrando no carro do desconhecido, de acordo com informações da Record.


Leia também:  

➢ Civil faz operação no Rio para tentar prender assassinos de lutador 

➢ MC promete jogar R$ 10 mil para público e vai parar na delegacia  


O pedido para o qual ele foi solicitado foi cancelado. O último dado de localização de seu dispositivo foi registrado no mesmo dia em Japeri, município da Baixada Fluminense que fica a mais de 50 km do local onde Edson foi visto. A esposa e os familiares do ator relataram não ter recebido qualquer informação sobre o paradeiro do ator desde então.

A Polícia Civil informou que a Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) está investigando o caso e levantando dados de câmeras da região para tentar apurar o paradeiro de Edson.

Ator desapareceu ano passado

Há pouco mais de um ano, em janeiro de 2023, um outro ator da Record também desapareceu no Rio. Jeff Machado, de 44 anos, foi encontrado morto alguns meses depois, vítima de intoxicação e asfixia. O corpo foi encontrado dentro de um baú, enterrado e concretado nos fundos de um imóvel em Campo Grande, Zona Oeste.

Segundo o inquérito policial, o responsável pela morte foi Bruno de Souza Rodrigues, preso por homicídio triplamente qualificado. Ele teria se passado por produtor de televisão para prometer uma falsa contratação em novela e extorquir o ator.

Matérias Relacionadas