Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9953 | Euro R$ 5,4069
Search

Suspeito de armazenar pornografia infantil é preso em Niterói

Ação da Polícia também prendeu suspeitos em outros estados, como São Paulo e Pernambuco

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 31 de janeiro de 2024 - 22:09
Suspeitos podem ser condenados a até 25 anos de prisão
Suspeitos podem ser condenados a até 25 anos de prisão -

Um homem investigado por armazenar e compartilhar imagens de pornografia infantil foi preso na manhã desta quinta-feira (31), em Niterói. Ele foi capturado por agentes da Polícia Federal (PF), que cumpriram outros quatro mandados de prisão pelo mesmo crime em outras regiões do país. Todos os mandados foram emitidos pela 2ª Vara Federal de Niterói/RJ.

Os outros suspeitos foram capturados em Macaé, também no Rio; em Paulista, Pernambuco; e em Ribeirão Pires e Indaiatuba, em São Paulo. Eles já vinham sendo investigados desde o final do ano passado por posse, compartilhamento e comercialização de registros de abuso sexual a menores de idade. Eles podem cumprir até 25 anos de prisão pelos crimes.


Leia também:

➢ Presos integrantes de quadrilha especializada em roubo e receptação de veículos em Niterói

➢ Mulheres são presas por furto de roupas em Shopping de Niterói


Segundo a PF, também foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão com o objetivo de encontrar as fotos e vídeos de abuso infantil e outros elementos que "ratifiquem a participação dos alvos nos crimes investigados, o que poderá resultar em novas prisões em flagrante, além do cumprimento dos mandados de prisão já deferidos". 

Ainda segundo os agentes, a investigação conta, ainda, com informações de uma organização não-governamental dos Estados Unidos, que emitiu uma notícia-crime sobre o caso em dezembro. As ações fazem parte da operação Nimbus Tenebrus (Nuvem Perigosa).

Matérias Relacionadas