Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,4112 | Euro R$ 5,8095
Search

Vítimas de explosão em lancha no mar de Cabo Frio seguem internadas

Um bebê, uma criança e outros dois adultos estão internados no CTI do Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 18 de junho de 2024 - 13:16
Quatro vítimas do acidente em explosão de lancha no mar de Cabo Frio estão internadas no HEAT
Quatro vítimas do acidente em explosão de lancha no mar de Cabo Frio estão internadas no HEAT -

As vítimas de uma lancha que explodiu, na última segunda-feira (17), na Ilha do Japonês, em Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio, seguem internadas em diferentes hospitais do Rio de Janeiro. No total, 10 pessoas ficaram feridas, todas elas moradoras de Vitória, no Espírito Santo.

Ainda na segunda-feira (17), um bebê, de um ano e cinco meses, identificado como Jean Andrade, chegou ao Hospital Estadual Alberto Torres (Heat) durante a tarde, de helicóptero. Seu estado de saúde é considerado grave.


Leia mais 

Hospital Getulinho abre inscrição para mutirão de cirurgia plástica e procedimentos dermatológicos

Violência doméstica é tema de roda de conversa em shopping no RJ


Já nesta terça-feira (18), o Heat recebeu mais três vítimas da explosão. Os dois adultos, identificados como Nayara Tauslane Andrade, 22 anos e Caroline Pimentel, 28 anos, vieram da UPA de Cabo Frio e a criança, Ana Livia Pimentel, de 5 anos, do Hospital São José dos Operários. Ambas foram recebidas no Centro de Trauma do Heat e passaram por exames clínicos e de imagens após serem avaliadas pelos cirurgiões geral e plástico, ortopedista, pediatra, neurocirurgião e bucomaxilofacial. Todos foram internados no CTI e o estado de saúde das pacientes neste momento é estável.

Uma mulher grávida, que também está entre as vítimas do acidente, foi transferida para o Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAL), em Niterói.

Enquanto isso, outra vítima identificada como Aleksandro Leão Vieira, de 36 anos, e outra criança, Davi Freire Zerbone, de 4 anos, estão sendo atendidos no recém inaugurado Centro de Trauma do Hospital Estadual Roberto Chabo, em Araruama. Eles foram avaliados pela cirurgia geral, ortopedia e pediatria.

Aleksandro, após estabilizado, foi levado ao centro cirúrgico para procedimento e curativo. Seu quadro de saúde é estável.

Davi foi estabilizado, entubado e levado o CTI pediátrico. Seu estado de saúde é grave.

Matérias Relacionadas