Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,4016 | Euro R$ 5,8456
Search

OMS pré-qualifica primeiro autoteste para hepatite C

Pré-qualificação garante que mais pessoas sejam tratadas

relogio min de leitura | Escrito por Agência Brasil | 10 de julho de 2024 - 11:51
A  entidade passou a recomendar o uso de autotestes para detecção da hepatite C em 2021
A entidade passou a recomendar o uso de autotestes para detecção da hepatite C em 2021 -

A Organização Mundial da Saúde (OMS) pré-qualificou o primeiro autoteste para hepatite C. O produto, chamado autoteste OraQuick HCV, fabricado pelo OraSure Technologies, é uma extensão de um teste rápido para hepatite C inicialmente pré-qualificado para uso profissional. “A nova versão, especificamente projetada para o uso de pessoas leigas, fornece um único kit contendo os componentes necessários para realizar o autoteste”, informou a OMS.

A entidade passou a recomendar o uso de autotestes para detecção da hepatite C em 2021, como forma de complementar os serviços de testagem para a doença. “A recomendação baseou-se em evidências que demonstram a capacidade do autoteste de ampliar o acesso e a utilização dos serviços, sobretudo entre pessoas que, de outra forma, não seriam testadas para a doença”.


Leia também:

Sônia Abrão critica Bruna Biancardi por ter se reconciliado com Neymar

Fluminense aposta em reforços para reverter desempenho no Campeonato Brasileiro


Dados da OMS indicam que, todos os dias, 3,5 mil pessoas morrem no mundo em razão de hepatites virais. Dos 50 milhões que vivem com hepatite C, apenas 36% testaram positivamente e 20% tiveram acesso ao tratamento até o fim de 2022. Para a entidade, a pré-qualificação do autoteste representa uma forma segura e efetiva de expandir a testagem para hepatite C, garantindo que mais pessoas sejam diagnosticadas com a doença e tratadas.

Matérias Relacionadas