Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,2608 | Euro R$ 5,6075
Search

Escritor de São Gonçalo publica livro de poesia retratando a realidade da vida na favela

Livro está em pré-venda pela editora Toma Aí Um Poema

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 09 de março de 2024 - 14:36
Lucas Luciano
Lucas Luciano -

O escritor Lucas Luciano, de 20 anos, nascido e criado na comunidade do Morro do Castro, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, anunciou o lançamento de seu primeiro livro de poesia, intitulado Aos que Sentem Demais. O livro, uma jornada íntima vivida durante a quarentena da pandemia, está agora disponível para pré-venda pela editora independente Toma Aí Um Poema.

Segundo o autor, a obra vai além da narrativa autobiográfica, capturando complexas interseções entre vivência, memória e expressão literária. Inspirado pelo conceito de "escrevivência" da escritora Conceição Evaristo, o autor empreende uma viagem através de cartas dirigidas a um antigo amigo durante o isolamento da pandemia.

“Este livro não apenas alivia o peso que carrego como autor, mas também aspira a suavizar as dores do leitor, conectando-nos através da essência compartilhada de nossas experiências humanas. Cada carta é mais do que palavras no papel; é um convite para um diálogo sincero, uma exploração da poesia que surge do sofrimento”, expressa Lucas Luciano.

Inspirado por Emicida, Carolina Maria de Jesus e Conceição Evaristo Lucas conta que teve sua paixão pela escrita despertada por uma professora de português na rede pública, incentivando-o a iniciar na poesia. Com uma bolsa integral, ele seguiu o caminho do jornalismo na ESPM, na Zona Sul do Rio, inspirado por grandes nomes como Carolina Maria de Jesus, Conceição Evaristo e Emicida.

Para o jovem, a escrita vai além da mera expressão; é, antes disso, uma forma de "sangrar" e testemunhar as suas experiências, especialmente os desafios de crescer entre a pobreza e a realidade da favela.

“Na minha perspectiva, a escrita é o ato de encontrar afago naquilo que testemunho. A cada palavra, busco transformar meus medos, dúvidas, sofrimentos e desafios em uma narrativa poética, dando voz à complexidade das minhas vivências como um jovem favelado no Rio de Janeiro”.

Pré-venda

A pré-venda do livro está sendo realizada pela Toma Aí Um Poema, editora independente comprometida em apoiar talentos emergentes. O objetivo é arrecadar R$1.300 para a publicação do livro. Interessados em apoiar essa iniciativa com qualquer valor ou ter uma cópia antecipada podem participar da pré-venda.

Clique aqui para saber mais sobre a pré-venda.


Leia também:

Psicanalista lança livro sobre a complexidade das relações familiares em Niterói

Alunas do EJA de São Gonçalo preparam exposição sobre violência de gênero


Matérias Relacionadas