Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9953 | Euro R$ 5,4069
Search

Cid Moreira é acusado de estrupo por filho adotivo

Jornalista de 97 anos negou acusações

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 07 de fevereiro de 2024 - 18:38
Roger acusa pai adotivo de adotá-lo para encobrir abusos
Roger acusa pai adotivo de adotá-lo para encobrir abusos -

O jornalista Cid Moreira, de 96 anos, foi acusado de estupro pelo filho adotivo Roger Moreira, de 48 anos. Em entrevista ao Portal Leo Dias, o cabelereiro disse que foi abusado sexualmente pelo ex-âncora de TV em mais de mil ocasiões, desde que tinha 14 anos de idade. Cid negas as acusações.

Roger protocolou uma denúncia contra o apresentador no final de 2023, mas só a tornou pública nesta terça (06). Na ação, ele afirma que começou a ser abusado antes da adoção, que aconteceu quando ele tinha 15 anos. Roger é sobrinho de uma antiga esposa do jornalista. Segundo os advogados dele, Cid só o adotou para "encobrir a prática de abusos" e "apresentar socialmente uma explicação do porquê estava sempre em companhia da vítima". 


Leia também:   

➢ Cidade do Rio confirma primeira morte por dengue no ano  

➢ Flordelis volta a usar nome de solteira  


Na ação, não foram apresentadas provas. A assessoria de Cid Moreira se pronunciou, nesta quarta (07), negando as acusações, que definiu como "declaração caluniosa". Ainda de acordo com a equipe do jornalista, Roger já moveu outros cinco processos diferentes contra ele sem sucesso.

"Esta não é a primeira vez que Roger acusa Cid de maneira absurda e difamatória. Em 2022, Roger foi ao ar em cadeia nacional e acusou a esposa de Cid de mantê-lo em cárcere privado e de lhe servir comida estragada. Naquela ocasião, ele pleiteava a guarda do pai adotivo com a alegação de querer cuidar de Cid Moreira. Meses mais tarde, outra declaração surgiu: Cid estava senil e não podia mais responder por seus atos. Todas essas afirmações eram mentirosas e visavam claramente interesses financeiros", afirmou a nota.

A nota conclui dizendo que "os advogados de Cid estão preparando mais um processo" contra o filho adotivo. "Confiantes na justiça, térrea e divina, acreditam que, mais uma vez, essa calúnia será desmascarada", diz, ainda, a nota. 

Tags:

Matérias Relacionadas