Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Morre Rui Motta, niteroiense e ex-baterista da banda Os Mutantes

Músico também tocou com artistas como Erasmo Carlos e Ney Matogrosso

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 18 de janeiro de 2024 - 18:13
Artista de 72 anos será sepultado nesta sexta (19)
Artista de 72 anos será sepultado nesta sexta (19) -

Morreu nesta quarta-feira (17), aos 72 anos, o baterista niteroiense Rui Motta, conhecido por ter feito parte da celebrada banda de rock "Os Mutantes" nos anos 70. A informação foi confirmada pela família do artista através de uma postagem nas redes sociais. A causa da morte não foi divulgada.

“Com pesar, informamos que, depois de muita luta, o mestre Rui Motta foi ao encontro do nosso Senhor. Descanse em paz”, diz o comunicado, publicado no perfil oficial de Rui nesta quinta (18). Além de ter tocado com nomes famosos da MPB, Rui é conhecido por ter comandando a bateria dos Mutantes durante a fase mais psicodélica do grupo de rock, entre 1973 e 1978.


Leia também:

➢ Atleta de taekwondo de projeto social de São Gonçalo garante vaga Olímpica ao Brasil

➢ Entregador desaparecido é encontrado morto em Maricá


Nascido em Niterói, ele começou a tocar bateria na adolescência. Começou a carreira tocando em bandas como Os Corujas e Sociedade Anônima, que o ajudaram a ganhar experiência no cenário do rock nacional. Sua carreira só deslanchou, no entanto, depois que substituiu Dinho Leme na bateria dos Mutantes, em 1973.

Rui entrou na banda logo após o fim da chamada fase "clássica" do grupo, na época em que Rita Lee e Arnaldo Baptista deixaram o conjunto. No ano em que ele entrou para a banda, o guitarrista Sérgio Dias assumiu o comando do grupo e deixou um pouco de lado o som tropicalista para focar ainda mais no rock psicodélico.

O baterista tocou com ele até a dissolução da banda, em 1978. Depois disso, fez parte do grupo KGB e gravou alguns discos solo. Ao longo da trajetória, tocou a bateria ao vivo para artistas como Erasmo Carlos, Ney Matogrosso, Marina Lima e Zé Ramalho.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Rui Motta (@ruimotta_oficial)

Rui Motta será sepultado às 13h30 desta sexta-feira (19), no Cemitério São João Baptista, em Botafogo, na Zona Sul do Rio.

Matérias Relacionadas