Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9034 | Euro R$ 5,3653
Search

Brincadeira ou proteção? Psicóloga mostra na internet calcinha anti-roubo; vídeo

Segundo ela, a noite de Reveillón foi mais leve e segura com a utilização da peça adaptada

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 02 de janeiro de 2024 - 14:34
Influenciadora mostrou como utilizar a calcinha
Influenciadora mostrou como utilizar a calcinha -

A psicóloga Mara Gomes compartilhou em seu perfil no TikTok o presente peculiar que recebeu para curtir o Réveillon no Rio de Janeiro: uma calcinha com um bolso projetado para guardar o celular. Segundo ela, essa peça é a nova tendência para evitar furtos na cidade. O vídeo já acumula cerca de 13 mil visualizações na plataforma e diversos comentários elogiando a novidade.

E é claro que o produto já tem sido procurando no histórico de buscas. A calcinha com compartimento para celular está disponível para compra em diversas lojas online, os valores variam entre R$ 25,90 e R$ 35,50.


Leia também:

➢ Operação Ano-Novo 2023: PRF registra aumento de acidentes nas rodovias federais do Rio

➢ Clin realiza limpeza das praias e orla de Niterói após festejos de Réveillon


Mara, através da rede compartilhou sua experiência: "Você quer conhecer a nova moda de final de ano no Rio para evitar roubos? Eu vim para o Rio com uma amiga minha. Vamos passar o ano novo em Copacabana. Todo mundo que conheço, seja carioca ou não, diz que preciso ficar atenta e cuidar do meu celular. Então, uma amiga me deu esse presente, uma calcinha com fecho para colocar o celular dentro. Eu achei incrível", compartilhou a experiência. 

O vídeo foi postado em 31 de dezembro. No entanto, ela trouxe novidades posteriores e informou aos seguidores que usou a peça durante toda a noite e que a festa em Copacabana foi mais tranquila do que ela esperava. Assista:


Autor: Reprodução - Tik tok | Descrição:

Segurança em noite de festa

Quanto à segurança em Copacabana durante o Réveillon, a Polícia Militar (PM) relatou a apreensão de 12 adolescentes e a prisão de cinco pessoas. Entre elas, um homem foi detido pela oitava vez por praticar roubos no bairro.

Segundo a Polícia Civil, 10 suspeitos foram presos e cinco menores foram apreendidos. Durante o evento, a PM prendeu Fabio Cardozo Bansemer, procurado por tentativa de homicídio qualificado desde março. O foragido foi identificado por meio do sistema de reconhecimento facial em um ponto de bloqueio de acesso a Copacabana.

Além disso, a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) relatou incidentes de furto durante as celebrações em Copacabana. As equipes auxiliaram uma vítima cujo telefone foi furtado, conseguindo recuperar o aparelho e conduzindo o autor do crime (um menor de idade) para a Delegacia Especial de Atendimento à Pessoa da Terceira Idade.

Outro incidente envolveu o furto de um cordão, resultando na detenção do infrator (também menor de idade) pela 12ª DP (Copacabana).

Além dessas detenções, também foi realizada a prisão de um homem encontrado sendo agredido por populares, portando um telefone. Ele foi levado para a 12ª DP, e a vítima foi orientada a registrar a ocorrência na delegacia para recuperar seu aparelho telefônico.

Outras quatro pessoas foram conduzidas à delegacia por suspeitas de furto e agressão, mas foram liberadas após verificação.

Matérias Relacionadas