Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,8259 | Euro R$ 5,3596
Search

Prefeitura de Maricá lança edital do programa Passaporte Universitário

Com duas mil bolsas ofertadas, todos os candidatos deverão realizar uma prova de aptidão na primeira quinzena de janeiro de 2024

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 24 de dezembro de 2023 - 16:25
Para solicitar a inscrição no processo de aptidão, o candidato deverá fazê-lo somente pela internet
Para solicitar a inscrição no processo de aptidão, o candidato deverá fazê-lo somente pela internet -

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Formação, publicou no Jornal Oficial de Maricá (JOM) da última sexta-feira (22) o novo edital do programa Passaporte Universitário, com a oferta de duas mil bolsas integrais para cursos de graduação em universidades particulares credenciadas.

O programa de concessão de bolsas totalmente gratuitas foi reformulado, e todos os candidatos deverão realizar uma prova de aptidão na primeira quinzena de janeiro de 2024.


Leia também:

Brasileiros são resgatados em bote após passar 9 horas no mar na Colômbia

Jovem é atropelado após discussão em boate em Itacoatiara 


Para solicitar a inscrição no processo de aptidão, o candidato deverá fazê-lo pela internet, através do link: https://marica.passaporteuniversitario.cnec.br, que vai até o dia 25 de dezembro. Vale destacar que os candidatos de medicina também precisam fazer a prova de aptidão.

Esta prova é obrigatória para todos os interessados que vão concorrer a uma bolsa do Programa Passaporte Universitário. Além disso, o candidato à bolsa de medicina vai precisar prestar prova de vestibular na universidade credenciada.

O edital completo está disponível no Jornal Oficial de Maricá – JOM (https://www.marica.rj.gov.br/jom/) e no portal do Programa Passaporte Universitário (http://passaporteuniversitario.marica.rj.gov.br/).

Participação no processo seletivo

Para participar do processo seletivo, os candidatos devem preencher os seguintes requisitos: ser brasileiro nato ou naturalizado ou estar em condição de refugiado; residir em Maricá há no mínimo três anos, com contagem imediatamente anterior ao período da inscrição; possuir o Ensino Médio completo ou equivalente; ser aprovado em processo de aptidão acadêmica organizado pelo Poder público; possuir renda familiar não excedente a seis salários mínimos.

Para fins de apuração de renda familiar mensal, entende-se como grupo familiar o conjunto de moradores que habitam em um mesmo domicílio, possuindo ou não grau de parentesco entre si, que contribuam para o rendimento ou tenham suas despesas atendidas por aquele grupo familiar.

Sobre a distribuição de bolsas

Grupo I: Estudantes que concluíram o Ensino Médio em escolas públicas em Maricá, ou oriundos de instituição privada em Maricá, cuja totalidade do ensino médio tenha sido custeada com bolsa de 100% de desconto, ofertada pela instituição de ensino; e cuja renda familiar não exceda oito salários mínimos. Para esse grupo são ofertadas ao todo 800 vagas, sendo 80 destinadas a pessoas com deficiência.

GRUPO II: Ampla Concorrência. Estudantes que concluíram o Ensino Médio em escola pública ou privada, cuja renda familiar não exceda oito salários mínimos. Ao todo, mil vagas foram ofertadas para este grupo, sendo 100 destinadas a pessoas com deficiência.

GRUPO III: Para servidores públicos municipais efetivos foram destinadas 200 vagas, sendo 20 designadas a pessoa com deficiência.

GRUPO IV: Ampla Concorrência – Para ter acesso ao curso de Medicina, a renda familiar será medida em proporção ao salário da família, cabendo o benefício àquele cujo valor do curso comprometa no mínimo 40% da renda familiar. Do total de 50 vagas, cinco são destinadas a pessoas com deficiência.

Matérias Relacionadas