Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Mãe de jovem morta em Belford Roxo acredita que policial atirou contra a filha e pede justiça

Milene levou um tiro no coração enquanto estava de costas dentro de uma loja

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 04 de dezembro de 2023 - 19:30
A adolescente tinha 14 anos e duas irmãs gêmeas
A adolescente tinha 14 anos e duas irmãs gêmeas -

O corpo de Milene Izabely Christovam, de 14 anos, foi sepultado nesta segunda-feira (4), em Belford Roxo. A menina levou um tiro no coração durante um confronto armado na Nova Aurora e chegou a ser socorrida e levada para o Hospital Municipal de Belford Roxo, mas não resistiu aos ferimentos. Michele Christovam, mãe da adolescente, alega que o tiro fatal partiu de um policial da PM.

Além de Milene, outro jovem menor de idade também foi morto durante o tiroteio, mas não teve identidade revelada.

Leia também: 

Dois adolescentes morrem após serem baleados em Belford Roxo

Suspeito de esfaquear ex-namorada é preso na Zona Norte do Rio

No enterro da filha, a mãe da jovem chegou a passar mal e precisou ser atendida por profissionais do Serviço Móvel de Urgência (SAMU). Ela fez um pedido ao governador Claudio Castro (PL), suplicando por justiça após a perda de Milene. "Faz esse cara pagar pelo que ele fez com a minha filha. Enquanto eu não ver esse cara preso, não vou ter paz", solicitou ao político.

De acordo com Michele, o policial da P2, policiais descaracterizados, mirou contra um miliciano, mas o tiro atingiu a menina, que estava de costas.

A mãe de Milene conta que a filha sonhava em ser advogada e que a menor ajudava a mãe a criar as irmãs, que são gêmeas. Ela era uma menina estudiosa, autêntica, verdadeira, minha filha era amada por todos. O sonho dela era ser advogada, ela falava: 'Mãe, a gente passou tanta fome junto que você nunca mais vai precisar lavar banheiro'", falou.

Milene é o 13º caso de morte de menor até 14 anos de idade morto por arma de fogo em 2023.

A PM diz que a fatalidade aconteceu durante um tiroteio entre traficantes rivais, mas admite que houve um "breve confronto" entre criminosos e policiais em Nova Aurora. Os agentes presentes na ação tiveram suas armas apreendidas e elas serão periciadas. 

Matérias Relacionadas