Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Moradora do Amendoeira faz campanha online para ajudar cadela doente

Desempregada, gonçalense tenta arrecadar 3 mil reais para operar cachorrinha

relogio min de leitura | Escrito por Felipe Galeno | 04 de dezembro de 2023 - 17:57
"Ela tá sofrendo, vivendo a base de remédio", conta tutora
"Ela tá sofrendo, vivendo a base de remédio", conta tutora -

Uma moradora do Amendoeira, em São Gonçalo, está arrecadando dinheiro para conseguir custear a cirurgia de Jully, sua cadela, da raça Yorkshire, que sofreu uma séria ruptura no joelho. Sem emprego fixo, ela precisou recorrer a uma vaquinha online, para tentar juntar toda a quantia necessária - R$ 3 mil - e pagar o procedimento o quanto antes para o animalzinho.

Débora Dutra, de 38 anos, está com a cachorrinha há mais ou menos dois anos. Ela abrigou a cadela em casa depois que os antigos tutores, um casal de idosos, faleceu. “A gente pegou amor por ela rapidinho. Ela é da família. Todo mundo gosta dela, cuida dela”, explica a gonçalense, que vive com os dois filhos, de 17 e 18 anos, além da yorkshire, atualmente com seis anos de idade, e de dois pitbulls."


Leia também:

➢ Conheça Chelle, a cantora de SG que virou todas as cadeiras no The Voice

➢ RJ-104: 'piscinão', cratera na pista e buraco em mureta causam transtornos em SG


Sempre alegre, Jully vive dentro de casa com a família, pulando por entre os móveis, como descreve a tutora. Apesar disso, há algumas semanas, seu comportamento mudou de forma abrupta. "Ela começou a mancar do nada. Ficou uma semana mancando e resolvi levar ela no veterinário. Quando eu levei, o médico deu o diagnóstico de ruptura de ligamento", relembra Débora.

O problema costuma acontecer entre animais de porte pequeno, segundo a tutora, já que eles costumam usar bastante os joelhos para pular ao longo do dia. Apesar disso, para tratar do problema de forma realmente eficaz, os profissionais de saúde a recomendaram uma osteotomia do platô da tíbia (TPLO), procedimento cirúrgico de custo relativamente alto.

"O mais barato que consegui foi por R$ 3 mil", conta Débora. Ela explica que chegou a procurar o Hospital Universitário de Medicina Veterinária da UFF, mas, como a unidade não realiza o procedimento, ela planeja levar Jully para realizar a cirurgia em uma unidade privada o quanto antes.

Cadela sofreu ruptura no joelho e precisará realizar cirurgia na tíbia para voltar a caminhar normalmente
Cadela sofreu ruptura no joelho e precisará realizar cirurgia na tíbia para voltar a caminhar normalmente |  Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

"Ela tá sofrendo, vivendo a base de remédio. Ela é cachorro né, então quer andar. Às vezes ela tenta, levantando a patinha, e logo dói mais. Ela começou a ficar amuada, chorando o dia inteiro. Tem ficado sem comer, sem beber água, porque está sentindo muita dor", lamenta a dona do animalzinho.

Como está desempregada e sem uma fonte de renda estável, a moradora de SG decidiu experimentar a sugestão de uma amiga e criar uma campanha de arrecadação online. A meta são os R$ 3.000,00 da cirurgia. Interessados em ajudar podem doar qualquer valor através do link: https://www.vakinha.com.br/4268588

Matérias Relacionadas