Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Cantora Ludmilla acusa deputado Thiago Gagliasso de racismo

Lud relatou uma situação em que da a entender que teria vivido com o irmão de Bruno Gagliasso

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 23 de novembro de 2023 - 17:23
Ludmilla resolveu expor um ataque racista que sofreu do deputado Thiago Gagliasso
Ludmilla resolveu expor um ataque racista que sofreu do deputado Thiago Gagliasso -

A cantora Ludmilla resolveu expor nesta quinta-feira (23), através de seus stories, um ataque racista que sofreu de um deputado. Segundo a artista, o tal político a chamou de "macaca" durante uma festa na casa de uma pessoa famosa.

"Primeiramente: ele é racista? Sim. Sim! Sabe o que aconteceu? A gente estava na casa de uma das pessoas mais famosas desse país. E aí eu tava acompanhada de um cara. E ele conhecia esse cara. Ele chegou nesse cara, simplesmente, na minha cara e falou: 'Ô mano, tanta mina gata aqui na festa e você tá com essa macaca?'", relatou.


Leia também

Caso Daniel Alves: MP da Espanha pede nove anos de prisão por estupro

Aos 85 anos, Porta-bandeira da Portela é vítima de racismo em loja


"Eu comecei a discutir com ele. Eu estava com um amigo, que me defendeu na hora e a gente acabou indo embora do evento. Eu fiquei muito mal. Esse foi um dos piores ataques de racismo que eu já sofri na vida", completou a cantora.

Ludmilla conta que um dia reencontrou o deputado em uma outra festa no mesmo lugar e quase perdeu a cabeça.

"Nunca esqueci aquela situação. Daí um belo dia a gente estava no mesmo lugar, e ele veio me cumprimentar. Eu pedi aos amigos para não deixarem ele chegar perto de mim. Ele insistiu, se enfiou na roda para falar comigo, e eu falei: 'Não fala comigo. Você é racista e eu tenho nojo de você. Se eu pudesse, dava na sua cara agora, sai de perto de mim", relembrou, dizendo que o dono da festa expulsou Thiago da casa. "Ele ficava me olhando com um olhar de psicopata, com cara de raiva", disse.

A cantora expôs o político após ele votar 'não' para que ela recebesse a Medalha Tiradentes, uma honraria concedida pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.

Ludmilla não chegou a citar o nome do deputado, mas deu a entender que estaria falando de Thiago Gagliasso, deputado estadual pelo Rio de Janeiro e irmão de Bruno Gagliasso. Recentemente, o deputado votou contra a cantora receber a homenagem de "Cidadania, Direito e Respeito à diversidade".

"Eu nunca falei nada sobre isso aqui. Porém, hoje eu acordei com um vídeo dele sendo super hipócrita, dizendo que não é racista", disse Ludmilla.

Em um vídeo compartilhado nas redes sociais nesta quinta-feira (23), Thiago fez um discurso na Assembleia Legislativa negando ser racista e ainda mandou uma indireta para a cantora.

"Não tem nada a ver com questão racial. E, sim, pela postura que a gente, como conservador, tem que defender: saber de fato cantar o Hino Nacional, saber que não pode vender 'verdinha' (nome de uma música de Ludmilla). E depois a gente é tachado de racista, homofóbico, um monte de coisa. O Miguelzinho é preto, canta pra caramba, merecia dez medalhas Tiradentes e não vai ganhar a metade. Quem vai ganhar é quem errou o Hino", disse Thiago. Ele também fez um post em seu Instagram falando do assunto.

Thiago Gagliasso fez um post em seu Instagram falando do assunto
Thiago Gagliasso fez um post em seu Instagram falando do assunto |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

Matérias Relacionadas