Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,1957 | Euro R$ 5,5298
Search

Pontos de bloqueio são registrados após falta de luz em SG, Niterói e Maricá

Moradores de São Gonçalo, Niterói e Maricá organizaram protestos para tentar agilizar reparo na rede elétrica

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 20 de novembro de 2023 - 09:42
Moradores interditaram a BR-101 para protestar
Moradores interditaram a BR-101 para protestar -

A demora no restabelecimento de energia após a tempestade que caiu nos municípios da região, na noite do último sábado (18), deixou moradores de diversas localidades insatisfeitos e irritados com o serviço prestado pela distribuidora de energia Enel.

Imagem ilustrativa da imagem Pontos de bloqueio são registrados após falta de luz em SG, Niterói e Maricá

Na tentativa de tentar chamar atenção para o problema e acelerar o reparo, os consumidores montaram dezenas de pontos de bloqueio em São Gonçalo, Niterói e Maricá.


Leia também: 

Tempestade deixa moradores sem luz em São Gonçalo e Niterói

Trabalhadores gonçalenses se desdobram para enfrentar a forte onda de calor na cidade 


Uma das manifestações registradas aconteceu nas pistas de ambos os sentidos da Rodovia BR-101/RJ, na altura do Porto Novo, em São Gonçalo. A Polícia Rodoviária Federal chegou a ser acionada para o local. No mesmo bairro, outras vias também foram interditadas.

Outros locais que receberam protestos em São Gonçalo foram nos bairros do Paraíso, no Porto da Pedra e em Tribobó. No Paraíso, as interdições aconteceram em frente a comunidade do Feijão. No Porto da Pedra, a manifestação foi feita na Rua João Manoel com a Rua Maria Rita. Já em Tribobó, cerca de 300 populares protestaram na RJ-104 na altura da Nova Grécia. Policias militares do 7º BPM e o Corpo de Bombeiros estiveram no local.


Autor: Reprodução | Descrição:

Em Niterói, interdições causadas por atos de moradores foram registradas no Sapê; em Pendotiba, na altura da Associação Pestalozzi; em São Lourenço, em frente à sede da distribuidora de energia; em Piratininga, na frente do Hospital Municipal Oceânico; e no Baldeador, na subida do Morro do Castro.

Em Maricá, houve um ponto de interdição em Ponta Negra, em frente ao restaurante João e João.

A Enel, concessionária de energia que atende aos municípios mencionados acima, informou, na manhã desta segunda-feira (20), que 91% dos clientes afetados pela tempestade registrada na noite do dia 18 na Região Metropolitana do Rio tiveram o serviço normalizado.


Autor: Reprodução | Descrição:

”Acionamos imediatamente o plano verão preparado para este período crítico, com reforço no número de equipes em campo. Os técnicos seguem atuando para agilizar o atendimento às emergências e normalizar o fornecimento de energia aos clientes impactados”, comunicou.

Matérias Relacionadas