Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9806 | Euro R$ 5,4044
Search

Outubro Rosa: Maricá adquire mamógrafo digital e dobrará capacidade de exames

Serão realizadas cerca de 700 mamografias por mês, contribuindo para a detecção precoce do câncer de mama

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 31 de outubro de 2023 - 08:40
Serão realizadas cerca de 700 mamografias por mês, contribuindo para a detecção precoce do câncer de mama
Serão realizadas cerca de 700 mamografias por mês, contribuindo para a detecção precoce do câncer de mama -

O prefeito de Maricá, Fabiano Horta, assinou na segunda-feira (30/10) o contrato de aquisição de um mamógrafo digital, que dará mais agilidade ao fluxo de exames de imagem para o diagnóstico precoce do câncer de mama. Com a aquisição do equipamento de ponta, o município passará a oferecer aproximadamente 700 mamografias por mês à população, mais do que o dobro do quantitativo mensal anterior, que era de cerca de 300.

O mamógrafo funcionará no Centro de Diagnóstico e Tratamento (CDT), no Centro, realizando exames marcados pela Central de Regulação do município. A previsão é que ele entre em operação em, no máximo, 120 dias, prazo necessário por conta dos procedimentos de entrega e instalação do equipamento importado.


Leia mais: 

Mostra Sesc de Cinema começa em Niterói e São Gonçalo nesta quarta-feira, 1º de novembro

Que luxo! Rapper gonçalense presenteia namorada com carro de R$ 400 mil


É importante lembrar que Maricá conta com a oferta de mamografias através de serviço contratualizado, que segue em operação e se soma ao novo equipamento adquirido. Assim, será reduzida a fila de espera pelo exame com efetividade e garantida mais qualidade de vida às pessoas que necessitam da análise da situação das mamas.

O prefeito Fabiano Horta ressaltou a importância do município ter um mamógrafo próprio e seu impacto para reduzir a espera pelo procedimento.

“No mês de prevenção ao câncer de mama, assinamos o contrato de aquisição do nosso mamógrafo, que possibilita ampliar a oferta e reduzir a fila de espera, que será zerada no médio prazo. Esperamos que, entre dois e três meses, o mamógrafo já esteja instalado, visto que há um prazo para entrega e instalação. Vale lembrar que já será publicada a sua aquisição e seguimos trabalhando muito na área da saúde”, afirmou.

A secretária de Saúde, Solange Oliveira, destacou o papel fundamental do novo equipamento e a ampliação da oferta.

“A aquisição do mamógrafo é um enorme ganho para o município, nos permitindo ampliar as mamografias oferecidas e promover uma vida plena, simbolizando nossa mobilização pelo Outubro Rosa. Anteriormente, tínhamos um serviço terceirizado, mas que, diante do aumento populacional, não atende mais a demanda crescente. Por isso, essa compra fará a diferença, possibilitando uma grande ampliação da oferta dos exames por mês”, acrescentou.

Novos equipamentos para o CDT

O moderno mamógrafo digital que será direcionado ao município possui sistema para biópsia mamária e estereotaxia (biópsia orientada por radiografia), além de braço giratório totalmente motorizado incluindo tubo de raios-x, gerador, dispositivo de compressão e detector.

Além do mamógrafo, o Centro de Diagnóstico e Tratamento (CDT) receberá, em breve, um raio-x móvel, ultrassom e dois biombos plumbíferos. Esses equipamentos contribuem para qualificar ainda mais a assistência oferecida no espaço, que oferece diversos exames e atendimentos especializados à população, agendados por meio da Central de Regulação do município.

Ações contínuas pela saúde das mulheres

No município, a porta de entrada para atendimentos, tratamentos e exames em toda a rede de saúde é a Unidade de Saúde da Família (USF) de referência, ou seja, a mais próxima do endereço de residência, onde há ações focadas na Saúde da Mulher. Em Maricá, são 26 USF distribuídas pelos quatro distritos da cidade e, durante o Outubro Rosa, foram realizadas diversas atividades descentralizadas nesses espaços, como rodas de conversa, sala de espera temática e dinâmicas de conscientização, direcionadas às cadastradas em cada uma.

Lembramos que nas USF é realizado o exame citopatológico, também conhecido como papanicolau, que detecta alterações nas células presentes no colo do útero, ajudando no diagnóstico precoce desse tipo de câncer.

Além disso, a Secretaria de Saúde está realizando mutirões aos fins de semana, disponibilizando transporte às mulheres agendadas para mamografia no Rio Imagem, garantindo o deslocamento aos sábados e domingos até o espaço que fica na capital fluminense. Somente em um fim de semana, mais de 70 pessoas foram transportadas com esse objetivo.

Matérias Relacionadas