Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,0475 | Euro R$ 5,3332
Search

Policial federal ferida por Roberto Jefferson pede indenização

Ela foi atingida de raspão no rosto quando cumpria mandado de prisão

relogio min de leitura | Escrito por Agência Brasil | 19 de setembro de 2023 - 11:46
Jefferson reagiu à prisão e atirou contra os policiais federais, além de ter lançado uma granada contra a equipe
Jefferson reagiu à prisão e atirou contra os policiais federais, além de ter lançado uma granada contra a equipe -

Uma agente da Polícia Federal (PF) ferida durante cumprimento de mandado de prisão do ex-deputado Roberto Jefferson, no ano passado, entrou com uma ação na Justiça pedindo indenização ao ex-parlamentar. Segundo a advogada Estela Lopes, que representa a agente, a ação, que tramita na Justiça do Rio de Janeiro, pleiteia o pagamento de R$ 1 milhão.

A agente Karina Lino Miranda foi ferida de raspão no rosto, durante o cumprimento de mandado de prisão, na casa do ex-deputado, em Levy Gasparian, no Rio de Janeiro. Outro tiro atingiu a região do quadril, mas a bala foi amortecida por equipamentos da policial. Ainda assim ela teve que ser submetida a cirurgias, segundo a advogada.


Leia mais: 

➢ Menina de 3 anos baleada por agente da PRF morre no Rio

➢ Preso homem suspeito de mandar matar seu amante em Niterói, vídeo!


Jefferson reagiu à prisão e atirou contra os policiais federais, além de ter lançado uma granada contra a equipe. Além de Karina, também ficou ferido o delegado federal André Côrtes Villela.  

Segundo a advogada, a agente teve sua imagem exposta pelo ex-deputado. Isso teria resultado em lesões físicas, estéticas, psicológicas, à imagem e à honra da policial, que perduram até hoje.

“Ela teve perda de sensibilidade tanto na região do quadril quanto na região do rosto. Ela ficou com cicatrizes e teve sua imagem exposta diretamente por ele, quando ele gravou e publicou imagens dos policiais em redes sociais, o que fez com que ela sofresse também uma perseguição”, afirmou Estela à Agência Brasil.

Recentemente, o juízo da 1ª Vara Federal de Três Rios decidiu que Jefferson irá a júri popular pela tentativa de homicídio dos dois policiais federais.

A Agência Brasil entrou em contato com a defesa de Roberto Jefferson e aguarda um posicionamento.

Matérias Relacionadas