Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,2089 | Euro R$ 5,5496
Search

Jovem é inocentado por testemunhas após ser preso injustamente em Niterói

Vítima e testemunhas do assalto não o reconheceram como um dos criminosos

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 12 de abril de 2023 - 12:08
Danillo Félix aguarda sentença final
Danillo Félix aguarda sentença final -

Em audiência realizada no Fórum de Niterói, nesta terça-feira (11), o educador Danillo Félix, de 27 anos, foi inocentado pela vítima e testemunhas de um crime de roubo ocorrido em julho de 2020, no Ingá, em Niterói. O processo que o acusa de assalto à mão armada tem como base o reconhecimento de uma foto sua publicada em uma rede social em 2017.

Leia mais: Manifestação em frente ao Fórum de Niterói pede justiça por jovem preso injustamente por 55 dias

Mesmo não sendo reconhecido como um dos criminosos, Danillo precisa aguardar as alegações finais do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e da defesa, e, em seguida, a decisão final do juízo sobre a absolvição ou condenação do educador. A sentença deve sair em até um mês.

Veja também: Familiares e amigos de Danillo Félix organizam protesto em frente ao Tribunal de Justiça de Niterói

Esta não é a primeira vez que Danillo enfrenta uma acusação de roubo. Na primeira, ele chegou a ficar preso preventivamente de forma injusta por 55 dias; na segunda acusação, ele teve o inquérito arquivado. Segundo a Polícia Civil, a foto do educador "já foi retirada e desde 2020 ele não foi apontado como suspeito em nenhum procedimento".

Danillo é morador do Morro da Chácara, no Centro de Niterói, e trabalha como educador em um abrigo para pessoas em situação de rua.

Matérias Relacionadas