Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Youtube exclui canais do influenciador Monark

Influencer declarou: 'querem apagar minha existência'

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 05 de janeiro de 2024 - 17:22
Monark foi proibido de manter perfis em redes sociais
Monark foi proibido de manter perfis em redes sociais -

Nesta quinta-feira, o youtuber e podcaster Bruno Monteiro Aiub, conhecido como Monark, afirmou que teve todos os seus canais do Youtube excluídos permanentemente. O influenciador foi proibido de ter contas em redes sociais por uma decisão do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre Moraes.

"Youtube acaba de deletar todos meus canais permanente, não bastava banir do Brasil, querem apagar minha existência", escreveu o rapaz em seu X (antigo Twitter).


Leia também

Contratante de Rodriguinho que teve show cancelado indica participação do cantor no BBB24

Grazi Massafera desmente término e diz que nunca namorou Marlon Teixeira


Antes de ter o canal banido, Monark já não conseguia mais monetizar vídeos na plataforma. Agora, ao entrar na página do Monark Talks, canal do influenciador, aparece a mensagem: "Esta conta foi encerrada por violar os Termos de Serviço do Youtube".

O Youtube confirmou que o canal foi removido devido a violação das diretrizes.

Atualmente, Monark reside na Florida, nos Estados Unidos, e mantém o podcast Monark Talks no Rumble, uma outra plataforma de vídeos que saiu do Brasil em 2023. Segundo eles, a saída foi em forma de protesto contra "uma onda de censura" imposta aos usuários do aplicativo.

Em agosto de 2023, Alexandre de Moraes determinou novos bloqueios nas contas de Monark e aplicou uma multa de R$300 mil ao influencer.

A decisão judicial que proíbe Monark de manter perfis em redes sociais e outras plataformas partiu de Moraes após o ministro identificar falas de Monark que incentivavam os atos golpistas de 8/11. 

Matérias Relacionadas