Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Ana Hickmann revela que pai agredia a mãe na infância

‘’Via nele a mesma expressão que vi agora no Alexandre’’

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 27 de novembro de 2023 - 10:42
Apresentadora deu a primeira entrevista para comentar sobre o caso de agressão de seu ex-marido
Apresentadora deu a primeira entrevista para comentar sobre o caso de agressão de seu ex-marido -

A apresentadora Ana Hickmann, de 42 anos, compartilhou relatos impactantes sobre seu passado, marcado por violência doméstica. Durante uma entrevista ao Domingo Espetacular, da TV Record, a apresentadora revelou ter presenciado abusos físicos contra sua mãe na infância, sendo forçada a sair de casa aos 13 anos com seus quatro irmãos para escapar das agressões. Recentemente, a apresentadora registrou um boletim de ocorrência denunciando violência doméstica contra o ex-marido, Alexandre Correa, de 51 anos.

Ana recordou momentos traumáticos, incluindo episódios em que ela própria foi agredida pelo pai. Destacou o apoio à mãe, carregando-a para o hospital após algumas dessas agressões. Além disso, Ana Hickmann relatou o incidente em que, aos 12 anos, tentou proteger a mãe e foi jogada sobre uma mesa de vidro, resultando em ferimentos por cortes na mãe.


Leia mais: 

➢ Ana Hickmann registra ocorrência contra o marido por violência doméstica

➢ Em primeiro depoimento sobre agressão, Ana Hickmann revela: "fui machucada durante muito tempo”


‘’Ele abriu a cabeça da minha mãe. Só parou de bater nela quando me viu sangrando. Chorou dizendo: "Meu Deus, o que eu fiz". Vi nele a mesma expressão que vi agora no Alexandre, quando estava preso do lado de fora da cozinha enquanto eu ligava para a polícia’’, revelou.

Ao falar sobre seu relacionamento atual, Ana descreveu abusos psicológicos por parte do ex-marido, que a controlava e a submetia a pressões, chegando a determinar aspectos de sua vida, como horários de academia e consultas médicas. Ela enfatizou a necessidade de pôr um fim a essa situação e denunciou seu ex-marido como "preconceituoso", "agressor", "covarde" e "canalha".

‘’Escutei muito que estava gorda do meu marido. Ele tinha o dom muito grande me fazer me sentir uma merda. Ele dizia: "Ninguém vai te querer velha. Está gorda. Ninguém quer uma Ana Hickmann velha". Ele controlava minha agenda pra qualquer coisa. Determinava o dia da academia, do médico, me pressionava para fazer cirurgia plástica. Eu disse: "Chega, não sou um objeto", contou.

Ana Hickmann revelou ter tentado sair do relacionamento abusivo anteriormente, mas foi desencorajada por pessoas próximas que a rotulavam como desequilibrada. O desfecho da relação ocorreu após Ana descobrir problemas financeiros e iniciar investigações sobre possíveis fraudes, desvios de dinheiro e falsidade ideológica:

‘’Nós começamos a discutir. Ele começou a reclamar, de novo, de que eu não tinha direito de falar assim com nosso filho, que não ia mudar de casa e que eu era uma louca. E eu falei: "Para de mentir. A gente precisa preparar o Alezinho porque muita coisa vai mudar"'’, disse.

Depois, a discussão inflamou na mesa durante o almoço de sábado e o filho ainda pediu para o casal parar de brigar. Foi quando Ana Hickmann pediu para uma funcionária levar a criança para outro cômodo.

‘’Eu perguntei: "Você vai me bater?". Peguei meu celular e disse que ligaria para a polícia. Ele me agarrou para eu não conseguir ligar. Gritei muito: "Socorro, liga para a polícia, 190", lembrou.

Ela, então, tentou se trancar na cozinha. Quando foi fechar a porta de correr, Alexandre segurou a maçaneta do outro lado. Ele fez força para abrir enquanto ela tentava fechar. Durante a discussão, Ana chegou a ordenar um dos cachorros a atacar o ex-marido, e o pedido foi atendido por um dos cães.

‘’Ele então viu que eu não ia soltar e então fechou a porta com toda a força no meu braço, em cima do meu cotovelo. Na hora não senti dor. Depois inchou muito.’’, contou a apresentadora. Segundo ela, os detalhes sobre as dívidas e irregularidades descobertas ainda estão sob investigação judicial, mas Ana destaca que documentos e assinaturas suspeitas foram encontrados antes das agressões ocorridas no último sábado.

‘’São documentos, cheques, muitas coisas que não conseguia saber se eram lícitas ou ilícitas. Assinaturas que tenho certeza que não são minhas. A primeira informação que tive foi uma dívida de banco. Resolvi abrir as gavetas e vi que não era só isso. Tem muito mais coisa, e coisa que me dá medo.’’, concluiu.

O programa foi ao ar no último domingo (26).

Matérias Relacionadas