Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Equipe da Trindade disputa final de campeonato sub-40 no Rio

Panela F.S. enfrenta final de torneio de futebol para veteranos na Zona Norte do Rio

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 14 de dezembro de 2023 - 18:58
Equipe conquistou vice-campeonato em edição 2022 e tenta título neste domingo (17)
Equipe conquistou vice-campeonato em edição 2022 e tenta título neste domingo (17) -

Uma equipe de atletas veteranos da Trindade, em São Gonçalo, vai disputar a final de um torneio estadual de futebol sub-40, no Rio, neste final de semana. O gonçalense Panela F.S. disputa o título da categoria na competição Série Ouro em confronto contra a equipe QG, marcado para acontecer às 9h deste domingo (17), no Campo do Cintra, na Penha Circular, Zona Norte do Rio.

Essa é a segunda final seguida da equipe nessa competição. Na edição passada, a equipe foi vice-campeã, mas teve desempenho de vencedor; o time ganhou dez jogos dos doze disputados. Na edição deste ano, o time estreou com uma derrota, mas logo se recuperou e ganhou destaque na competição.


Leia também

Equipe feminina do Jardim Catarina vence Taça das Comunidades

Niterói entrega primeira parte das obras de Parque Poliesportivo na Concha Acústica


Caso vença, o time conquista um título inédito. Sua trajetória, no entanto, reúne diferentes vitórias em outros torneios do estado. O Panela existe há 12 anos e, segundo o fundador Luciano Neto, de 42 anos, é um dos responsáveis por revitalizar a cena de partidas de várzea na região.

Time existe há 12 anos e vem ganhando destaque no cenário estadual
Time existe há 12 anos e vem ganhando destaque no cenário estadual |  Foto: Divulagação/Xandy Mídia

"A gente vem de um bairro muito tradicional no futebol de várzea em São Gonçalo, que é a Trindade. Só que a gente ficou durante um tempo meio 'apagado', passou a não existir mais tantos campos de várzea. Ao longo desses anos, a gente vem conseguindo resgatar essa tradição, trazer famílias para a beira do campo, pegar essa galera que jogava antigamente", afirma Luciano.

Originalmente, a equipe se intitulava "Veteranos", mas acabou mudando de nome depois que resolveu abraçar um apelido colocado pelos colegas de outras equipes na região. "Conforme o nível de competitividade foi aumentando e, por ter um certo conhecimento dentro do ramo, a gente começou a chamar um colega, dois, três, para fortalecer o time. Quando a gente foi ver, o burburinho no bairro era de que o time 'era a maior panela'. Aí virou Panela o nome", esclarece o fundador

Com o nome inusitado, a equipe já venceu torneios em Itaboraí, Niterói, além dos títulos locais em SG. O trunfo da equipe, na opinião de Luciano, é a consistência no condicionamento físico dos atletas, que costuma ser um dos principais desafios para equipes formadas por atletas de meia-idade.

"Ao longo desses anos, a gente vem conseguindo resgatar tradição [do futebol de vázea]", acredita fundador
"Ao longo desses anos, a gente vem conseguindo resgatar tradição [do futebol de vázea]", acredita fundador |  Foto: Divulagação/Xandy Mídia

"Ex-atletas às vezes relaxam um pouco, né? Nem todo mundo consegue manter o mesmo nível físico e técnico durante tanto tempo. E com o Panela a gente vem conseguindo manter um bom nível; já estamos na terceira ou quarta competição nessa categoria em torno dos 40", conta, orgulhoso o fundador.

No domingo (17), a equipe enfrenta o QG no tradicional campo na Penha e abre o caminho para o time Família Cajá, do ex-jogador Romário, que enfrenta o Show de Bola em final de outra categoria de veteranos no mesmo dia e no mesmo campo, às 10h. Ambas as partidas serão transmitidas online no canal Xandy Mídia Sports.

Matérias Relacionadas