Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,3181 Euro up 5,5457
Search

Uma das primeiras brasileiras a ter Covid-19, Pugliesi alerta que não tem mais anticorpos do vírus

Modelo contraiu o coronavírus em abril deste ano, durante uma festa de casamento da irmã

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 27 de novembro de 2020 - 16:36
Gabriela Pugliesi diz não ter mais anticorpos do coronavírus
Gabriela Pugliesi diz não ter mais anticorpos do coronavírus -

A influenciadora digital Gabriela Pugliesi, uma das primeiras brasileiras a contrair o Covid-19, alertou os seus seguidores no Instagram, nesta sexta (27), e informou não ter mais anticorpos para o vírus. Ela foi infectada pelo coronavírus durante a festa de casamento da sua irmã, evento esse que ficou marcado como o primeiro grande foco de contaminação no país.

Imagem ilustrativa da imagem Uma das primeiras brasileiras a ter Covid-19, Pugliesi alerta que não tem mais anticorpos do vírus
 

"Só pra falar que saiu resultados e eu não tenho mais os anticorpos do coronavírus. Não estou imune, tá? Já peguei e posso pegar de novo. Mais um argumento para você ficar em casa e não fazer festa e oba oba", afirmou a influenciadora que foi 'cancelada' por fazer uma social entre os amigos em abril. Bastante criticada ela se desativou sua conta no Instagram e perdeu contratos de trabalho.

A blogueira fitness também falou sobre as sequelas no pulmão por causa do vírus. "Apareceu um negócio que chama vidro fosco, que é normal para quem teve Covid. É uma das sequelas. Muita gente ficou. É chato porque dá essa falta de ar, você quer ar e não vem. Mesmo que esteja pequena no laudo, não está grave, vou procurar ir em um pneumologista. Mas é uma sequela do Covid", esclareceu ela.

Matérias Relacionadas