Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Em primeira Prova do Líder, público se revolta com falta de adaptação para participante PCD

O paratleta Vinicius Rodrigues foi obrigado a retirar sua prótese durante a disputa para não se machucar e danificar o equipamento

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 09 de janeiro de 2024 - 11:07
Vinicius Rodrigues tem 29 anos e é paratleta olímpico
Vinicius Rodrigues tem 29 anos e é paratleta olímpico -

É oficial! O Big Brother Brasil 24 começou, e junto dele, já começaram as polêmicas. Na última segunda-feira (8), data de estreia do reality show, os 18 participantes anunciados durante o ‘Big Day’, que aconteceu na sexta-feira (5), participaram da primeira Prova do Líder da edição. Com uma dinâmica que envolvia cair de um alçapão e se arrastar por um percurso cheio de gosma, internautas destacaram a ausência de adaptação da prova para torná-la igual para todos os participantes, de modo que o paratleta olímpico, Vinicius Rodrigues, de 29 anos, não fosse prejudicado.

As regras eram as seguintes: cada participante tinha um totem com um botão, que deveria ser acionado após o disparo de um dos três sinais combinados previamente. Quem fosse o primeiro a apertar o botão, teria que escolher outro participante para participar de um desafio, junto do último colocado no disparo do dispositivo.


Leia mais:

Alô, Niterói! Conheça Fernanda Bande: mãe, confeiteira e modelo niteroiense que estará no BBB 24

Alô, São Gonçalo! Conheça Leidy Elin: a gonçalense, estudante da Universo, que promete causar no BBB 24


Durante o desafio, os dois participantes eram posicionados sob um alçapão que se abria, fazendo eles caírem em uma piscina de bolinhas. Após saírem da piscina, os candidatos deviam se arrastar por uma piscina de gosma, até alcançarem um botão, que deveria ser acionado antes do tempo finalizar. Quem não conseguisse terminar a tempo, seria eliminado da disputa.

Foi justamente a dinâmica do ‘desafio’ que causou revolta aos internautas. O merendeiro Maycon Cosmer, logo no início da competição, foi o primeiro a apertar o botão, e teve que escolher um participante para realizar o desafio. Entretanto, com quase todos os integrantes disponíveis, Maycon escolheu o paratleta olímpico Vinicius Rodrigues, que utiliza uma prótese na perna, dizendo a seguinte frase: "Ele não disse que gosta de correr, agora vai correr".

Logo no início do desafio, ao cair do alçapão, Vinicius sentiu dificuldade para deixar a piscina de bolinhas com a prótese, e teve que retirá-la, durante a prova, para não se machucar e conseguir seguir para a próxima etapa, que seria se arrastar na gosma. Sem a prótese, Vinicius conseguiu finalizar a dinâmica a tempo, e voltou para buscar o equipamento.

Nas redes sociais, o público criticou a escolha de Maycon, mas principalmente, a produção do programa, que não se atentou para a equidade entre todos os participantes, uma vez que a queda do alçapão poderia representar um risco para Vinicius. "Quem foi que pensou nessa prova do líder sem pensar na inclusão do participante PCD?", disse um internauta.

"Primeira prova do líder e o programa já deu uma vacilada com o Vinicius que é atleta PCD. Além da falta de FairPlay do adversário que o escolheu, as provas podiam ser pensadas com inclusão. Ele é atleta, tem milhares de formas de montar uma prova. Espero que as próximas mudem", escreveu outro telespectador na plataforma X, antigo Twitter. "Essa prova comprova que não existe inclusão sem fornecer meios para permanência. O cara teve que tirar a perna mecânica no meio da prova", ressaltou um terceiro.

Apesar das dificuldades, Vinicius foi o décimo terceiro participante a deixar a prova, saindo apenas na manhã desta terça-feira (9).

Matérias Relacionadas