Traficantes comemoram título no futebol com rajadas de tiros em Niterói

Campeonato aconteceu na Grota do Surucucu

Enviado Direto da Redação
Os jogadores comemoram em meio a rajadas de tiros no local

Os jogadores comemoram em meio a rajadas de tiros no local

Foto: Divulgação

Por Renata Sena

Quem escolheu o campo de futebol da Grota do Surucucu, em São Francisco, Niterói, para assistir a tradicional ‘pelada’ da manhã de domingo, teve uma surpresa no final do último jogo. Para comemorar o encerramento do campeonato e a vitória do ‘time da casa’, traficantes realizaram uma salva de tiros, que chegou a assustar até mesmo quem já está acostumado com o ato.

A ‘comemoração’ foi filmada por uma pessoa que assistia o campeonato de futebol, que acontece todo ano e teve a temporada encerrada no último domingo. Na imagem, é possível ver os tiros ‘cortando’ o céu. Os disparos foram feitos por dezenas de criminosos que estavam espalhados entre as lajes, no alto da comunidade, ou entre uma espécie de ‘camarote’, montado ao lado do campo, e na torcida.

Entre os jogadores que corriam comemorando, se abraçando e até rodando a camisa no alto, também é possível ver pessoas que chegaram a se abaixar e a correram, por medo dos disparos.

O campeonato no local não é novidade, e já foi usado como demonstração de forças dos criminosos em outras ocasiões. A comunidade da Grota é controlada pela facção Comando Vermelho (CV). A facção já foi controlada pelo criminoso Valdenir da Silva Ramalho, 38, o Tazinho ou TZ, que foi assassinado em abril, no Morro da Grota, em São Francisco. Atualmente, segundo a polícia, a comunidade está sendo controlada por diversos criminosos, que disputam entre si a liderança total da região.

Investigação – Policiais da 79ª DP (Jurujuba) checam as informações de que o campeonato seria organizado pelos criminosos do local.

Veja mais notícias:


Polícia investiga nova quadrilha de roubo de carros em São Francisco

Polícia prende dois homens em diferentes comunidades de São Gonçalo

Corpo de um homem é encontrado carbonizado no Coelho

Veja também