Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,2608 | Euro R$ 5,6075
Search

Castramóvel do RJPET estará em São Gonçalo na próxima semana

Projeto que busca, entre outros objetivos, diminuir o número de animais abandonados nas ruas também estará nos municípios de Magé e Rio de Janeiro

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 17 de fevereiro de 2024 - 17:51
Castramóvel
Castramóvel -

Moradores de São Gonçalo, Magé e Rio de Janeiro recebem na próxima segunda-feira (19) o castramóvel do programa RJ PET, da Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ). As unidades móveis estarão por um mês nos bairros de Piabetá, Recreio dos Bandeirantes, Vila Isabel e Pacheco oferecendo o serviço para que os animais possam ser castrados. Para realizar a castração, os interessados devem agendar o procedimento pelo site: rjpet. com.br.

No dia da cirurgia, os responsáveis devem levar uma cópia da identidade, CPF e comprovante de residência, além de permanecer na clínica veterinária. Caso não seja a pessoa cadastrada a levar o animal no dia agendado, deverá enviar uma declaração de próprio punho autorizando outra pessoa a levar (com nome completo e CPF).

Para a subsecretária de Proteção e Bem-Estar Animal, Camila Costa, o projeto busca, entre outros objetivos, diminuir o número de animais abandonados nas ruas.


Leia também:

➢ Ipiranga abre vaga de emprego para mulheres em São Gonçalo

➢ Ainda é carnaval! Veja quais blocos desfilam este final de semana


“A castração contribui para reduzir não só a quantidade de gatos e cães pelas ruas, como os riscos de esses animais apresentarem doenças reprodutivas. Outra vantagem é o procedimento evitar que cadelas e gatas tenham infecção do útero (piometra), além de tumores de mama, estresse durante o cio e até gravidez psicológica. No caso dos machos, a castração diminui a possibilidade de apresentarem tumores de testículos e próstata, doenças sexualmente transmissíveis, fugas, agressividade e marcação de território”, explica a subsecretária.

Cada ônibus conta, em média, com uma equipe de 25 profissionais, entre veterinários, técnicos e auxiliares, atuando desde a castração até a devolução do animal para o responsável. Todo o procedimento leva, no mínimo, 45 minutos.

Matérias Relacionadas