Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Niterói divulga operação especial no trânsito em Charitas a partir de 8 de julho

Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans) preparou um plano para organizar o tráfego de veículos nesse período

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 30 de junho de 2023 - 10:32
Obras de macrodrenagem avançam e Avenida Prefeito Sylvio Picanço ficará interditada no sentido Jurujuba. Intervenções vão resolver o problema dos alagamentos na região
Obras de macrodrenagem avançam e Avenida Prefeito Sylvio Picanço ficará interditada no sentido Jurujuba. Intervenções vão resolver o problema dos alagamentos na região -

O trânsito no bairro de Charitas vai sofrer alterações neste mês de julho por causa das obras de macrodrenagem realizadas pela Prefeitura de Niterói. Com o avanço das intervenções, que vão resolver o problema dos alagamentos decorrente das chuvas no bairro, a Avenida Prefeito Sylvio Picanço será interditada, no sentido Jurujuba, a partir das 7h do próximo sábado, 8 de julho. Além disso, o ponto de ônibus localizado na altura do número 647 ficará fora de funcionamento. Em alternativa, poderão ser utilizados os outros pontos próximos que estão localizados na mesma avenida, na esquina da Rua Armando Lopes e entre as ruas Clotilde Maria Linhares Pinsky e Madre Maria Victória. A orientação para motoristas que se dirigem para a Região Oceânica é que, neste período, utilizem os acessos pelo Largo da Batalha. A previsão é de que essa primeira fase seja finalizada em duas semanas.

Mapa
Mapa |  Foto: Divulgação
 

A Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans) preparou um plano para organizar o tráfego de veículos nesse período. De acordo com a diretora de Planejamento da NitTrans, Amanda Machado, o período de férias reduz o fluxo de veículos na cidade.


Leia mais: 

➢ Secretaria de Itaboraí troca número 13 por 22 em painel e SEPE denuncia

➢ Rio de Janeiro oferece mais de 2 mil vagas de emprego e estágio


“O período das obras coincide com o início das férias escolares, em que o fluxo de veículos costuma ser um pouco menor. Operadores da NitTrans estarão em locais estratégicos para orientar os motoristas nas interdições e nos desvios”, afirmou Amanda Machado.

Sobre as obras - As intervenções em Charitas terão quase 400 metros de extensão e investimento de R$ 6,6 milhões. Serão utilizadas galerias de concreto armado de até 2,5m x 1,2m e tubos de PVC rígidos para uma drenagem eficiente. O objetivo é que as águas pluviais escoem para o canal próximo à Praça do Rádio Amador, resolvendo de forma definitiva o problema de escoamento das águas de chuva no bairro.

Neste momento, a equipe de obras realiza os serviços de confecção da rede de drenagem na Rua Joaquim Peixoto e na areia da praia. A interdição de parte da Avenida Prefeito Sylvio Picanço será necessária para fazer a passagem desta rede pela via principal até a Rua Eurico Manoel do Carmo.

“A previsão de conclusão desta intervenção é de 30 dias, podendo variar de acordo com possíveis imprevistos. Cada lado da pista ficará interditada por, aproximadamente, 15 dias. Nos primeiros 15 dias, a pista em direção a Jurujuba e Região Oceânica será a primeira a ser interditada para que sejam colocadas as galerias que virão da praia para a Sylvio Picanço”, conta o presidente da Empresa Municipal de Moradia, Urbanização e Saneamento (Emusa), Antônio Lourosa.

Confira como ficará o trânsito na região:

Sentido Jurujuba / Região Oceânica (Túnel) – Um trecho da pista da Avenida Prefeito Sylvio Picanço, que vai em direção a Jurujuba, ficará interditado entre as ruas Armando Lopes e Juiz Alberto Nader. O fluxo será transferido para a pista que segue no sentido contrário, onde serão montadas duas faixas reversíveis junto ao canteiro central. Para seguir em direção a Região Oceânica, há acessos alternativos que podem ser priorizados neste período pelas rotas da Estrada da Cachoeira, Av. Presidente Roosevelt, Estrada do Viradouro (Garganta) ou Estrada do Viçoso Jardim (Fonseca/Cubango).

Sentido São Francisco / Centro - A faixa junto à calçada, sentido Centro, será utilizada para a passagem dos veículos pesados, como ônibus e caminhões. Já os veículos leves, que seguem em direção ao Centro, deverão utilizar o desvio criado, entrando na Rua Armando Lopes, para então seguir pela Rua Leonel Magalhães e, por fim, utilizar a Rua Juiz Alberto Nader para retornar à Avenida Prefeito Sylvio Picanço.

Estacionamento - Será proibido estacionar na Avenida Prefeito Sylvio Picanço, na pista sentido Centro, e nas ruas Armando Lopes, Leonel Magalhães, Juiz Alberto Nader e Eurico Manuel do Carmo. Nas vias Armando Lopes, Leonel Magalhães e Juiz Alberto Nader será instituído o sentido único de circulação, a fim de garantir a fluidez do trânsito no desvio. Já a Rua Eurico Manuel do Carmo funcionará em duplo sentido durante o período da operação.

Ponto de ônibus - O ponto de ônibus localizado na Avenida Prefeito Sylvio Picanço, altura do número 647, ficará fora de funcionamento. Em alternativa, poderão ser utilizados os outros pontos próximos que estão localizados na mesma avenida, na esquina da Rua Armando Lopes e entre as ruas Clotilde Maria Linhares Pinsky e Madre Maria Victória.

Ciclovia – Durante o período da obra, haverá um compartilhamento temporário do calçadão em Charitas, onde será implantada uma rota para ciclistas. A intervenção irá interromper, durante as obras, o trecho da ciclovia desde a rotatória, que fica próxima ao túnel Charitas-Cafubá, até a Praça do Rádio Amador. Segundo a Coordenadoria Niterói de Bicicleta, no local haverá placas de sinalização vertical indicando a nova rota e orientando ciclistas e pedestres.

Serviço - As obras devem causar impacto no tráfego da região. Então o uso do transporte coletivo é o mais indicado nesse período. Além disso, as barcas de Charitas funcionam de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, com intervalos de 20 a 30 minutos entre as saídas e um horário de pausa entre 12h e 16h30, e podem ser uma alternativa para evitar o deslocamento até a região central da cidade. Outra opção é o uso da bicicleta, já que Niterói conta com 79 quilômetros de ciclovias, ciclorrotas e ciclofaixas.

Matérias Relacionadas