Corpo encontrado no Anaia é de Playboy, ex-chefe do tráfico na comunidade

O segundo cadáver era de um segurança do criminoso

Escrito por Redação 19/06/2018 06:58, atualizado em 19/06/2018 06:58
Os policiais identificaram os corpos encontrados no Anaia
Os policiais identificaram os corpos encontrados no Anaia . Foto: Divulgação

Por Renata Sena

A Polícia Civil identificou como Rafael de Arnoud, o Playboy, e Vinicius Reis de Matos, o Vinicinhos, os dois corpos encontrados enterrados no cemitério clandestino do Anaia, no interior do complexo do Anaia, em São Gonçalo, durante operação de agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo, no último dia sete.

Os corpos foram identificados através de exames realizados pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) e comprovaram a informação de que a dupla havia sido morta pelos próprios comparsas. Em fevereiro, OSG divulgou com exclusividade que o então chefe do tráfico do Complexo do Anaia, o Playboy, e um de seus seguranças haviam desaparecidos depois de serem chamados ao Complexo do Salgueiro, local usado como ‘quartel general’ de criminosos do Comando Vermelho. Segundo informações, Playboy e Vinicinhos foram atraídos para o local depois de terem sido ‘condenados a morte’ pelos ‘chefões’ da facção. Os próprios seguranças do Playboy, e parceiros de Vinicinho, foram os responsáveis pela execução da dupla. Os cadáveres foram enterrados no cemitério clandestino do Anaia, local onde o traficante era considerado ‘patrão’.

Operação - Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNISG), realizaram uma operação na última semana, no bairro Anaia, em São Gonçalo, com objetivo de localizar o corpo do jovem João Vitor Marmelo Ferreira da Silva, de 18 anos, que estava desaparecido. Na ação, dois corpos em avançado estado de decomposição foram encontrados.

Os restos mortais foram localizados em uma área de mata, na Rua Expedicionário Agostinho da Silva Monteiro, indicado como ponto de desova de vítimas de homicídios praticados pela quadrilha local. Poucos dias depois da operação no Anaia, o corpo de João Vitor foi abandonado, com sinais de que havia sido desenterrado, na Estrada das Pitangas, em Cabuçu, Itaboraí. O corpo do jovem teria sido retirado do Anaia para tentar neutralizar novas operação no local.

Os policiais identificaram os corpos encontrados no Anaia
Os policiais identificaram os corpos encontrados no Anaia. Foto por Divulgação
Play Boy constava na lista de bandidos procurados do Estado
Play Boy constava na lista de bandidos procurados do Estado. Foto por Divulgação

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas