Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,2608 | Euro R$ 5,6075
Search

Gata é atingida por bala perdida durante tiroteio no Rio

Animal engoliu a bala; disparos aconteceram durante operação no Complexo do Alemão

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 28 de fevereiro de 2024 - 14:30
Gata não corre risco de vida, segundo equipe veterinária
Gata não corre risco de vida, segundo equipe veterinária -

Uma gata de estimação foi baleada na boca durante uma troca de tiros na madrugada desta terça-feira (27), em Ramos, na Zona Norte do Rio. Segundo relatos, a bala perdida veio do Complexo do Alemão, onde as Polícias Militar e Civil realizavam uma operação. O animal não corre risco de vida, mas ainda está com o projétil no organismo. 

Segundo a tutora do animal, a gata Malu pulou na cama dela por volta das 4h da manhã com um sangramento na boca. A jovem e a mãe levaram o animal para uma clínica veterinária, onde ficaram sabendo que ela havia sido atingida por um disparo de fuzil. A bala ficou alojada na língua de Malu; no entanto, antes de chegar ao centro cirúrgico, ela acabou engolindo o projétil.


Leia também: 

➢ Polícia 'estoura' central de 'gatonet' na Ponta da Areia, em Niterói (vídeo)

➢ Dois homens são presos com fuzil e granada em Tenente Jardim, Niterói 


A gata foi medicada e, segundo a equipe veterinária que realizou o atendimento, não corre risco de vida, por mais que o projétil ainda esteja no organismo. A expectativa dos médicos é que a bala seja expelida naturalmente pelo animal em dentro dos próximos dois dias. Caso isso não aconteça, ela deve passar por uma cirurgia para remover a bala. 

A operação policial aconteceu há alguns quilômetros do local onde a gata vive com a família. As ações fizeram parte de uma megaoperação realizada em conjunto pela Civil e a PM no Alemão e em outras seis comunidades da região: Penha, Maré, Flexal, Juramento, Quitungo e Guaporé. Nove pessoas morreram durante a ação. Segundo as forças policiais, todos eram suspeitos de envolvimento com o Comando Vermelho (CV), grupo criminoso acusado de coordenar o tráfico de drogas em diferentes regiões do estado.

Matérias Relacionadas