Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,2608 | Euro R$ 5,6075
Search

Motorista de aplicativo é morto e carbonizado por acusação de traição em MG

Assassino seria marido da mulher que a vítima mantinha um suposto caso extraconjugal

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 13 de fevereiro de 2024 - 11:25
Euler foi morto com tiro e carbonizado
Euler foi morto com tiro e carbonizado -

Um motorista de aplicativo de 24 anos foi encontrado morto e carbonizado no município de Sabará, em Minas Gerais, nessa segunda-feira (12). O principal suspeito de ter assassinado Euler Santos da Cruz é o marido da mulher que a vítima mantinha um suposto caso extraconjugal.

Segundo a Polícia Militar, Euler estava desaparecido desde o último domingo (11) e foi morto após cair em uma emboscada realizada pelo companheiro da mulher de 24 anos que ele se relacionava. O acusado teria forçado a esposa a marcar um encontro com a vítima para cometer o crime.


Leia também:

Irmã de Léo Moura é presa acusada de vender entradas falsas para camarotes na Sapucaí

Confira os blocos de carnaval do Rio de Janeiro nesta terça-feira 


O corpo do motorista de aplicativo foi encontrado pelo irmão dele em uma região de difícil acesso. O Corpo de Bombeiros foi acionado para a remoção do cadáver e a perícia também esteve no local para a investigação.

O acusado pelo crime disse, em depoimento à polícia, que Euler foi morto com um tiro na boca após cair na armadilha planejada. Após ter assassinado a vítima, o homem teria arrastado o corpo para uma região de mata e ateado fogo na tentativa de encobrir os vestígios do homicídio.

Tanto o marido quanto a esposa foram presos; ele por homicídio e a mulher pela acusação de participação no crime.

Matérias Relacionadas