Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Acusado de matar companheira é preso quase 20 anos após crime

Homem é suspeito de esfaquear mulher e era procurado desde 2004

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 27 de dezembro de 2023 - 16:54
Suspeito foi encontrado após usar identidade falsa
Suspeito foi encontrado após usar identidade falsa -

Um homem acusado de esfaquear e matar a própria companheira foi preso, nesta terça-feira (26), quase 20 anos após o crime, na Zona Norte do Rio. Os suspeito foi capturado depois de usar uma identidade falsa; ele era procurado pela Polícia desde 2004, por conta do caso de feminicídio.

De acordo com as investigações, ele já tinha um histórico de ameaças contra a vítima quando a assassinou com facadas em maio de 2004. No mesmo mês, a Justiça expediu um mandado de prisão preventiva por homicídio qualificado contra ele. Ele, porém, conseguiu escapar e teria passado todo esse tempo utilizando documentos falsos.


Leia também:

➢ Vídeo: tiroteio em Vigário Geral deixa PM morto e circulação de trens é suspensa

➢ No Rio, pomada modeladora de cabelo faz emergência lotar após Natal


Recentemente, ele teria sido flagrado com uma identidade falsa no Hospital Estadual Santa Maria, no bairro Taquara, na Zona Oeste. A unidade acionou a Polícia Civil, que, durante as investigações descobriu que o suspeito já era procurado por homicídio.

Agentes da 32ªDP (Taquara) localizaram o acusado na casa de familiares, no Engenho de Dentro, após realizarem buscas pelo nome falso que ele utilizava na região. Ele foi capturado e levado até a Delegacia, onde permaneceu preso à disposição da Justiça.

Matérias Relacionadas