Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Ministério Público denuncia homem que cometeu homicídio por causa de máquina de pegar bichinhos de pelúcia

Fabrício da Costa Pinto é denunciado por homicídio duplamente qualificado; crime aconteceu no Rio de Janeiro

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 05 de dezembro de 2023 - 09:13
Crime aconteceu no dia 3 de novembro
Crime aconteceu no dia 3 de novembro -

O Ministério Público denunciou nesta segunda-feira (4), Fabrício da Costa Pinto Conceição por homicídio duplamente qualificado, que se caracteriza por assassinato por motivo fútil e sem possibilidade de defesa.

A vítima foi Lindomar Riva, e o crime aconteceu em novembro, dentro da loja de conveniência de um posto de gasolina na Estrada do Mato Alto, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio.

De acordo com a denúncia, Lindomar foi morto a tiros após se envolver em uma discussão com Fabrício por causa do uso de uma máquina de pegar ursinhos de pelúcia do estabelecimento.


Leia também:

Morte de jovem esfaqueado na Pavuna é investigada pela Polícia

Militar é detido por racismo em Itaipuaçu


As investigações revelaram que a briga aconteceu porque Lindomar conseguiu pegar os objetos na máquina, já Fabrício não conseguiu. Em seguida, o denunciado foi até o carro, pegou uma arma de fogo e ficou do lado de fora da loja de conveniências, aguardando a vítima sair. Quando saiu, após um outro desentendimento, Lindomar foi surpreendido com os disparos.

Na ação, a Promotoria ainda destaca a necessidade da prisão preventiva de Fabrício Conceição. "A periculosidade do denunciado se constata pela grave e violenta conduta praticada por ele, de modo que a sua prisão é capaz de garantir a tranquilidade de moradores da região em que ocorreu o fato", ressalta trecho da petição.

Matérias Relacionadas