Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

PM prende suspeitos pela morte de morador de rua a pauladas no Rio

Daniel da Silva Neto, o Barbeirinho, e Lucas Matieli Saraiva, o Queijinho, estavam foragidos desde outubro e são acusados de matar um homem, não identificado, com mais de dez golpes na cabeça; A polícia ainda procura outros dois suspeitos de participação no crime

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 09 de novembro de 2023 - 17:19
Grupo ataca morador de rua deitado com mais de dez golpes na cabeça, entre pauladas e pedradas
Grupo ataca morador de rua deitado com mais de dez golpes na cabeça, entre pauladas e pedradas -

Policiais militares do 9º BPM (Rocha Miranda) prenderam, nesta quinta-feira (9), dois homens suspeitos pela morte de um morador de rua em Cascadura, na Zona Norte do Rio, na madrugada do dia 9 de outubro. A vítima, que estava deitada, foi atacada com mais de dez golpes na cabeça, entre pauladas e pedradas.

Com informações do Disque Denúncia, os PMs chegaram à localização de Daniel da Silva Neto, conhecido como Barbeirinho, de 24 anos, e de Lucas Matieli Saraiva, o Queijinho, de 23 anos.


Leia também

➢ Justiça revoga prisão preventiva e impõe medidas cautelares a acusado de agredir ator Victor Meyniel

➢ Desaparecido em bar de Itaúna é encontrado, em SG


Daniel Neto foi preso enquanto dormia em um imóvel na Rua Bornéo, em Cascadura, na Zona Norte. Já Lucas Saraiva foi localizado em uma casa em Bento Ribeiro, também na Zona Norte do Rio. Eles não ofereceram resistência no ato da prisão.

Crime brutal

Daniel e Lucas estavam foragidos da Justiça desde outubro, quando a 3ª Vara Criminal da Capital expediu um mandado de prisão pelo crime de homicídio qualificado.

O crime aconteceu na madrugada do dia 9 de outubro deste ano, na Rua Sylvio Freitas, em Cascadura. Além de Daniel e Lucas, pelo menos mais duas pessoas participaram da morte do morador de rua.

Imagens obtidas pela Polícia Civil mostram o morador de rua já deitado no chão, imóvel, enquanto cinco homens estavam ao seu redor. Um deles, que está sem camisa, pega um pedaço de madeira e inicia os ataques contra o morador.

Em determinado momento, um deles tenta evitar que o homem sem camisa continuasse batendo no homem que está no chão. Contudo, outro rapaz, de camisa branca, joga uma pedra grande na direção da cabeça do morador de rua.

Não satisfeito com a agressão brutal, esse homem de camisa branca pega novamente a madeira e desfere uma nova sequência de ataques contra a cabeça da vítima. Em seguida, ele volta a pegar a pedra e joga com força novamente no homem caído.

O homem de camisa branca dá mais três golpes no morador de rua e deixa o local andando normalmente.

Matérias Relacionadas