Dólar R$ 5,0475 | Euro R$ 5,3332
Search

Estudante morre após ex-aluno disparar arma em escola no PR

Segundo informações, o autor do crime é um ex-aluno da instituição e teria entrado para obter uma cópia do seu histórico escolar

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 19 de junho de 2023 - 16:43
A Polícia informou que o agressor portava um revólver calibre 38
A Polícia informou que o agressor portava um revólver calibre 38 -

Um tiroteio em um colégio no norte do Paraná resultou na morte de uma adolescente de 16 anos e deixou outro aluno da mesma idade gravemente ferido. O autor dos disparos é um ex-aluno de 21 anos, que foi detido pela Polícia Militar após o ataque. O caso aconteceu no Colégio Estadual Professora Helena Kolody, localizado na cidade de Cambé.

Segundo informações da Polícia Militar, o agressor entrou na escola alegando a necessidade de obter uma cópia do histórico escolar. No entanto, assim que teve acesso ao local, efetuou os disparos com um revólver calibre 38. O ataque causou a morte de uma estudante de 16 anos e deixou outro aluno da mesma idade em estado grave.


Leia também:

➢ Jovem morre após ser baleado em boate na Zona Norte do Rio

➢ Sargento da PM é morto na Zona Norte do Rio de Janeiro 


O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), decretou luto oficial de três dias e expressou sua tristeza diante do ocorrido. O secretário de Segurança Pública e o secretário da Educação do estado estão se dirigindo à cidade para prestar apoio.

"A violência do brutal ataque em uma escola estadual em Cambé causa indignação e pesar. O assassino foi preso, será julgado e condenado pelo crime bárbaro que cometeu. Como governador e pai, minha solidariedade aos familiares nesse momento de dor tão profunda. O Paraná está em luto", desabafou o governador. 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) também se pronunciou, lamentando o trágico ataque e ressaltando a necessidade de construir um caminho para a paz nas escolas: "Recebo com muita tristeza e indignação a notícia do ataque no Colégio Estadual Professora Helena Kolody, em Cambé, no Paraná. Mais uma jovem vida tirada pelo ódio e a violência que não podemos mais tolerar dentro das nossas escolas e na sociedade. É urgente construirmos juntos um caminho para a paz nas escolas. Meus sentimentos e preces para a família e comunidade escolar", ressaltou. 

Matérias Relacionadas