Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Exclusivo - Polícia identifica autor de estupro e feminicídio contra jovem de 18 anos em Maricá

Yzabeli Cristina de Souza desapareceu no dia 19 de julho. Seu corpo encontrado sete dias depois, sem roupa, em uma área de mata na Estrada dos Cajueiros

relogio min de leitura | Escrito por Renata Sena | 28 de outubro de 2022 - 12:45
Yzabeli Cristina foi sequestrada, ficou sete dias desaparecida e depois foi localizada sem vida
Yzabeli Cristina foi sequestrada, ficou sete dias desaparecida e depois foi localizada sem vida -

Após quase três meses de espera familiares da jovem Yzabeli Cristina de Souza, de 18 anos, que foi estuprada e morta depois de ser mantida em cárcere privado, podem ver a justiça começar a ser feita. Isso porque, policiais da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG) finalizaram o inquérito e identificaram o autor do bárbaro crime, que aconteceu no último dia 26 de julho, em Maricá.

De acordo com informações da assessoria da Polícia Civil, o inquérito "foi concluído e relatado à Justiça, com o pedido de prisão do acusado", conforme a nota.

Izabelly desapareceu no dia 19 de julho, após sair de casa para ir lanchar. Durante as investigações, agentes da Divisão de Homicídios identificaram que ela havia ido se encontrar com um homem. A polícia seguiu apurando o caso e chegou a pedir, mais de uma vez, a prisão do acusado, no plantão judiciário. Contudo, informações repassadas por uma fonte policial que atuou nas investigações, os pedidos foram negados. A reportagem de O SÃO GONÇALO tentou confirmar a veracidade dessa informação, mas o processo está em segredo de justiça. A assessoria do Tribunal de Justiça (TJ-RJ) informou que somente os advogados das partes envolvidas podem ter acesso às decisões tomadas no processo.


Leia mais

'Não deixem ser só mais um caso de gente desaparecida', apela mãe de jovem desaparecida em Maricá


Na época, depois de realizarem buscas pelo possível local onde o acusado morava, segundo vizinhos, a policia chegou a ouvir a mãe do autor do crime, que negou ter qualquer informação sobre o paradeiro do filho. O acusado já não reside mais no local que a polícia conhece.

Sete dias após seu desaparecimento, o corpo da jovem foi localizado, sem roupas, numa área de mata próximo a Estrada dos Cajueiros, em Itaipuaçu, distrito de Maricá. Desde então, familiares e amigos vêm lutando por justiça e para que o acusado seja preso. Agora, com a conclusão do inquérito, a Polícia Civil aguarda o parecer do Ministério Público para que a prisão do autor do crime seja finalmente concedida pelo juiz do caso.

Matérias Relacionadas