Ramon, do Flamengo, lamenta atropelar entregador de comida na Barra; confira depoimentos da família do motoboy

Jônatas tinha 30 anos e deixa esposa e filhos

Escrito por Redação 05/12/2021 17:50, atualizado em 05/12/2021 17:45
Jônatas era um pai dedicado
Jônatas era um pai dedicado . Foto: Reprodução/Internet

O jogador Ramon, lateral do Flamengo, se pronunciou sobre o ocorrido do último sábado (04), quando ele atropelou e acabou matando o entregador de aplicativo Jônatas Davi dos Santos, de 30 anos, que estava em uma bicicleta, trabalhando. Ramon afirmou que vai buscar fornecer todo o apoio necessário aos familiares do entregador. Jônatas era fã do Flamengo e do Real Madrid.

"Primeiramente preciso lamentar o trágico acidente no qual me envolvi na noite do último sábado (04), na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Acidente este que acabou vitimando o sr. Jônatas Davi dos Santos", disse o início da nota da assessoria do atleta de 20 anos.

Em seguida, o jogador reafirmou que estava seguindo as leis de trânsito tanto de sinalização quanto de velocidade de seu carro. "Reafirmo o respeito às leis de trânsito e ressalto que estava dentro da velocidade permitida, quando fui surpreendido por Jônatas, que estava em uma bicicleta. Reforço que, logo após o acidente, acionei o socorro e permaneci no local prestando todo o auxílio e informações às autoridades. Em depoimento na 16ª Delegacia de Polícia, na Barra da Tijuca, me coloquei à disposição para colaborar com as investigações do caso", continuou ele.

Ele finalizou falando que cuidará das despesas do sepultamento do entregador de comida. "Nesse momento de dor e sofrimento para todos os envolvidos, estou buscando forças para auxiliar em tudo o que for necessário a família da vítima. Estamos em contato com a família do Jônatas para dar o suporte necessário e colaborar com possíveis despesas do sepultamento. É um momento de muita tristeza e comoção, mas também é um momento de respeito e amor ao próximo. Vamos passar por isso juntos", finalizou ele.

Após o acidente, que ocorreu na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca, Ramon chamou os bombeiros, que socorreram Jônatas. No entanto, o entregador morreu antes de chegar ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, para onde foi encaminhado. 

Aos agentes da 16ª DP (Barra da Tijuca), onde o caso foi registrado como homicídio culposo provocado por atropelamento, Ramon afirmou que não havia consumido bebida alcoólica antes do acidente e que foi surpreendido por Jônatas que apareceu repentinamente na via.

 

Ramon estava em seu carro quando atropelou o ciclista
Ramon estava em seu carro quando atropelou o ciclista | Foto: Divulgação
 

Jônatas deixa três filhos e uma esposa. Em suas redes sociais, o entregador sempre elogiava sua família. Ele é natural de Piabetá, no Rio de Janeiro.

Nas redes sociais, a esposa do entregador se posicionou sobre a morte dele. "Você era tudo para mim e agora só sobrou um vazio no meu peito. Meu marido partiu e levou com ele um pedaço meu.

O que me dá forças para conseguir em frente é nossas princesas. Meu coração está despedaçado e só consigo pensar em tudo que ainda tínhamos para viver. Você sempre será o amor da minha vida, não importa quanto tempo passe.

Que Deus conforte meu coração, pois você era um homem bom. Saiba que continuarei amando você, meu amor, minha vida, e nunca irei esquecê-lo! (emoji de coração) Te amo (emoji de coração)", escreveu Priscila, mãe de duas filhas de Jônatas.

Ainda na internet, outras pessoas prestaram condolências para Priscila e teceram diversos elogios a Jônatas, afirmando que ele era um "verdadeiro amigo". "Caramba que notícia triste ... era um verdadeiro amigo, que Deus conforte a vc e aos familiares (sic)", escreveu uma pessoa para a mulher de Jônatas. "Meu Deus, que isso (emojis de rostos), que Deus conforte seu coração nesse momento difícil e de todos da família, rapaz bom era ele (sic)", escreveu outra pessoa na internet.

Na página de Jônatas, ele coloca que sua família (duas de suas filhas, ele e sua esposa) haviam se mudado para o Recreio dos Bandeirantes no dia 11 de novembro deste ano.

A filha mais velha do entregador, de 7 anos, fez uma homenagem para ele no Dia dos Pais deste ano. "Feliz dia dos pais, papai! Você é a nossa inspiração eu e a Juju amamos você com todo o nosso coração! (emoji de coração). Você é o melhor (rosto com coração no olho) (sic)", escreveu ela.

Saiba mais sobre o caso:

Lateral do Flamengo se envolve em acidente com vítima fatal

Jogador do Flamengo que atropelou ciclista afirma que não havia consumido bebidas alcoólicas

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas