Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9953 | Euro R$ 5,4069
Search

Pessoas que ganham até dois salários mínimos ganham isenção de imposto de renda

Lula confirmou a medida nesta terça-feira (23)

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 23 de janeiro de 2024 - 12:22
Lula compartilhou reajuste em entrevista à Rádio Metrópole
Lula compartilhou reajuste em entrevista à Rádio Metrópole -

Nesta terça-feira (23), o Presidente Luis Inácio Lula da Silva confirmou que haverá um ajuste na tabela do Imposto de Renda. A alteração irá contemplar as pessoas que ganham até dois salários mínimos, que serão isentas de pagar imposto de renda.

"Com o reajuste do salário mínimo, as pessoas parecem que vão voltar a pagar o Imposto de Renda, mas não vão, porque nós vamos fazer as mudanças agora para quem ganhe até dois salários mínimos não pague IR. Eu tenho um compromisso de chegar até o final do meu mandato isentando todas as pessoas que ganham até R$ 5 mil”, afirmou o político, em entrevista a Rádio Metrópole.

Uma medida provisória que ampliou a faixa de isenção do IR foi aplicada em 2023. Pessoas que ganhavam até R$2.112 foram beneficiadas pela ação.


Leia também: 

Boa lábia: Cariocas são considerados mestres na arte de paquerar; confira!

Feira de Acari: local tem seu funcionamento proibido pela Prefeitura do Rio


Neste mês, o valor do salário mínimo foi reajustado para R$1.412, com pagamento a partir de fevereiro. A mudança na tabela de isenção do IR foi feita com o objetivo de garantir o benefício.

Segundo Lula, a política do Imposto de Renda é desigual no país. "Nesse país, quem vive de dividendo não paga imposto de renda, e quem vive de salário paga imposto de renda”.

O Ministro da Fazenda Fernando Haddad também comentou sobre as alterações, em entrevista à TV Cultura nesta segunda-feira (22). "Nós vamos fazer uma nova revisão em 2024 por conta do aumento do salário mínimo. O presidente Lula já pediu uma análise para acertarmos a faixa da isenção. Neste primeiro semestre, temos que encaminhar as leis complementares que regulam a Emenda Constitucional da Reforma Tributária”, revelou o petista.

Matérias Relacionadas