Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

CPI da Enel: Capitão Nelson se reúne com vereadores

Legislativo busca informações e apoio do Executivo

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 24 de novembro de 2023 - 08:30
O objetivo da CPI é apurar as várias irregularidades apontadas em reclamações de consumidores
O objetivo da CPI é apurar as várias irregularidades apontadas em reclamações de consumidores -

O Prefeito Capitão Nelson realizou, no início da noite desta quinta-feira (23), na prefeitura, uma reunião com vereadores de São Gonçalo para contribuir com informações do Executivo para a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), constituída no último dia 22, na Câmara de Vereadores de São Gonçalo. As informações foram solicitadas pelos vereadores para serem utilizadas na CPI.

O objetivo da CPI é apurar as várias irregularidades apontadas em reclamações de consumidores, após a tempestade do último sábado (18), que alegam deficiência na prestação de serviços da concessionária ENEL, responsável pelo fornecimento de energia em São Gonçalo, com objetivo de, assim, melhorar os serviços essenciais e contínuos de fornecimento de energia elétrica na cidade.


Leia mais: 

Após 'apagões' no Rio e SP, presidente da Enel deixa cargo

Tempestade deixa moradores sem luz em São Gonçalo e Niterói


“As dificuldade foram muito grandes. Temos que ter um efetivo condizente para atender a população de São Gonçalo. Outro grande problema é a falta de informação da própria empresa, que muitas vezes mostrou-se sem conhecimento das localidades que foram prejudicadas”, disse o Prefeito Capitão Nelson.

O prefeito destacou a importância do gabinete de crise, que teve grande contribuição no processo de restabelecimento do fornecimento de energia em vários bairros e localidades da cidade. O gabinete foi convocado pelo prefeito Capitão Nelson, em caráter de urgência, na última segunda-feira (20), reunindo as secretarias de Gestão Integrada e Projetos Especiais, Conservação, Transportes, Defesa Civil, Ordem Pública, Comunicação Social, Desenvolvimento Urbano e representantes da concessionária Enel, a fim de definir ações prioritárias para o restabelecimento da energia elétrica e reparos de estragos ocasionados pela tempestade da noite do último sábado (18).

Equipes de poda e limpeza atuaram em conjunto com as equipes de reparos da Enel, em locais que demandaram corte de galhos e liberação de rede elétrica e também em apoio logístico, encaminhando as equipes para os locais de demanda. Outra prioridade definida foi a prestação de serviços em equipamentos que atendem diretamente a população gonçalense, como unidades de saúde, escolas e outros.

Foi questionada pelos vereadores a capacidade de atendimento da concessionária a emergências como a que ocorreram durante a tempestade de sábado.

“Se a Prefeitura não tivesse montado esse gabinete de crise, a situação estaria muito pior. A Prefeitura atuou na priorização dos atendimentos que deveriam ser realizados, porque muitas vezes as equipes não conheciam as localidades que seriam atendidas na cidade”, pontuou o secretário de Governo, Fábio Araújo.

Também foram abordadas as dificuldades que a população gonçalense teve para solicitar reparos e no atendimento às demandas ocasionadas pela interrupção no fornecimento de energia elétrica.

Vereadores também questionaram sobre os prejuízos sofridos pela população gonçalense com a interrupção do fornecimento de energia em unidades de saúde e unidades de ensino.

Estiveram presentes os vereadores Alexandre Gomes, Glauber Poubel, Romário Régis, Juan Oliveira, Lucas Muniz, Tião e Nelsinho.

Matérias Relacionadas