Idoso com Alzheimer que estava desaparecido é encontrado no HEAL

O idoso já retornou para sua casa

Enviado Direto da Redação
O idoso foi encontrado no último sábado (26)

O idoso foi encontrado no último sábado (26)

Foto: Arquivo pessoal

Por Ana Carolina Moraes*


Mais um final feliz para uma família gonçalense. Na última sexta-feira (25), O SÃO GONÇALO noticiou que o idoso Paulo Stuts Freitas, de 75 anos, estava desaparecido desde o dia 19, quando saiu de casa falando que iria procurar novas residências para alugar. O idoso sofre de Alzheimer e, desde então, sua família estava sem notícias. Após a reportagem, a família de Paulo recebeu algumas ligações com pistas e, no último sábado (26), o idoso foi encontrado no Hospital Estadual Azevedo Lima. 


Segundo a família, na sexta-feira (25), a reportagem já começou a surtir efeito. Pessoas ligaram para Heleno Ribeiro, de 52 anos, que é marido da enteada de Paulo, com informações sobre o idoso. No entanto, nada ainda muito conclusivo. As pessoas só falaram que o viram na rua e que ele afirmou que estava com problemas em casa e que queria alugar uma nova residência para morar. 


Depois disso, no sábado (26), a família recebeu outra ligação de uma pessoa conhecida como Fernando, que afirmou que Paulo estava no Hospital Estadual Azevedo Lima. Ao checarem a informação, a família do idoso constatou que era ele mesmo e que ele estava com alguns ferimentos.


"Segundo o que foi informado pelo Samu para nós, ele foi levado para o hospital na terça-feira (22), desacordado. Ele foi encontrado na rua por uma pessoa, que não sabemos quem é. Essa pessoa chamou o Samu para ajudá-lo. Uma ambulância foi ao local e levou ele para o Azevedo Lima. Ele ficou desacordado até sábado (26), quando conseguiu falar apenas o nome da esposa, de resto, ele não lembrava nada. A partir daí, um acompanhante de outro paciente o viu e compartilhou uma foto dele perguntando se alguém o conhecia. Uma pessoa comparou a reportagem com a postagem nas redes sociais e me ligou", contou o pedreiro de 52 anos.


Heleno também confirmou que a família já havia procurado por Paulo no mesmo hospital na última segunda-feira (21), por isso, eles achavam que o idoso não estaria lá. Segundo informações, Paulo já recebeu alta e retornou para sua casa para dar continuidade ao seu tratamento de Alzheimer. 


Para quem quiser relembrar o caso de Paulo e como ele desapareceu, basta acessar a matéria anterior do caso clicando aqui.


*Estagiária sob supervisão de Marcela Freitas 

Veja também