Carrefour divulga nota de esclarecimento sobre morte de cachorro

Delegada de Meio Ambiente afirma não haver mais dúvidas quanto à agressão

Enviado Direto da Redação
Cachorro tinha apelido de 'Manchinha'

Cachorro tinha apelido de 'Manchinha'

Foto: Divulgação


A rede de supermercados Carrefour publicou nota de esclarecimento a respeito do caso do cachorro morto por espancamento em Osasco, São Paulo. No texto, a marca reconhece o problema, porém responsabiliza a empresa terceirizada pelo fato.


Segue nota na íntegra:


"O Carrefour reconhece que um grave problema ocorreu  em nossa loja de Osasco. A empresa não vai se eximir de sua responsabilidade. Estamos tristes com a morte desse animal. Somos os maiores interessados para que todos os fatos sejam esclarecidos. Por isso, aguardamos que as autoridades concluam rapidamente as investigações. Desde o início da apuração, o funcionário de empresa terceirizada foi afastado.

Qualquer que seja a conclusão do inquérito, estamos inteiramente comprometidos em dar uma resposta a todos.

Queremos informar também que estamos recebendo sugestões de várias entidades e Ongs ligadas à causa que vão nos auxiliar na construção de uma nova política para a proteção e defesa dos animais".

Carrefour Brasil


Petição - Além de grande repercussão nas redes sociais, com milhares de comentários de ativistas dos direitos dos animais, youtubers e celebridades indignados, já chega a mais de 1,7 milhão de assinaturas um abaixo-assinado criado no site change.org para justiça pelo animal, pedindo punição a quem matou o cachorro, que era conhecido como Manchinha.


Leia também: Morte de cachorro em loja do Carrefour gera polêmica nas redes sociais


Segundo a delegada Silvia Fagundes Theodoro, da Delegacia de Meio Ambiente de Osasco, não há mais dúvidas quanto ao que aconteceu com o animal, no último dia 28. Toda agressão foi registrada por câmeras de segurança do estabelecimento. Nas imagens, um segurança aparece segurando uma barra de ferro para agredi-lo.

Veja também