Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Prefeitura de Niterói e UFF abrem mais de 250 vagas para universitários atuarem na Rede Municipal de Educação

Há vagas para estudantes de graduação, doutorado e pós-doutorado

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 08 de fevereiro de 2024 - 17:57
As vagas são para atuação como monitores na Rede Municipal de Educação
As vagas são para atuação como monitores na Rede Municipal de Educação -

Estão abertas as inscrições para estudantes da Universidade Federal Fluminense (UFF) participarem do Programa de Alfabetização, Leitura e Autoria para Valorização e Recomposição das Aprendizagens, o P.A.L.A.V.R.A. A parceria entre a Prefeitura de Niterói, através da Secretaria Municipal de Educação (SME), e a UFF, por meio da Fundação Euclides da Cunha (FEC), vai conceder 258 bolsas de estudos, pagas pela Prefeitura, para universitários de graduação, doutorado e pós-doutorado atuarem como monitores na Rede Municipal de Educação de Niterói, auxiliando os professores. As vagas são para as áreas de Pedagogia, Educação Física, Artes, Cinema, Serviço Social e Psicologia.

Os bolsistas vão atuar de maneira pedagógica, junto às crianças, estudantes e famílias da Rede, no período entre 15 de março de 2024 a 15 de outubro de 2025, com uma jornada de 20 horas semanais. A iniciativa busca unir teoria e prática de uma maneira inovadora, com atividades pedagógicas e artístico-culturais, no turno e contraturno, além de investimentos em formação continuada, atividades de pesquisa e extensão para profissionais da rede. Outra parte importante do programa é o combate à evasão escolar, com a realização de busca ativa, auxiliando no resgate do estudante e na garantia do direito à educação.


Leia também:

Acusado de matar cantora trans em São Gonçalo é preso

Vídeo: mulher sofre tentativa de sequestro por ex-companheiro em Rio Bonito 


“A atuação dos estudantes universitários nas escolas da Rede Municipal será estratégica para que a gente consiga potencializar a construção de saberes, aprendizagens e produção de conhecimento, assegurando aos nossos alunos a garantia do direito à alfabetização. A parceria entre a gestão pública e a universidade é de grande importância e representa avanços para a educação da nossa cidade, principalmente neste momento desafiador de pós-pandemia”, afirma o secretário de Educação e presidente da Fundação Municipal de Educação, Bira Marques.

Para estudantes de graduação, serão destinadas 250 vagas, com cadastro de reserva, para as áreas de Pedagogia (150), Educação Física (25), Artes (12), Cinema (13), Serviço Social (25) e Psicologia (25). A bolsa é de R$ 700 por mês. Nesta modalidade, as inscrições já estão abertas e seguem até o dia 25 de fevereiro. Poderão se candidatar universitários regularmente matriculados na UFF e que não possuem bolsas oriundas de agências de fomento, exceto auxílios de natureza de assistência estudantil, entre outros critérios.

Para a pós-graduação, serão oito vagas em nível de doutorado ou pós-doutorado, sendo sete na área de Educação e uma em Serviço Social e/ou Psicologia. Também haverá cadastro de reserva. O valor será de R$ 2,8 mil por mês. As inscrições acontecem entre os dias 8 e 21 de fevereiro.

“Os bolsistas vão colaborar com as Equipes de Apoio Pedagógico das escolas e da SME, com o incremento do plano de trabalho dos ciclos, produzindo coletivamente um conjunto de estratégias. Esse trabalho será baseado nos princípios e objetivos do P.A.L.A.V.R.A., sempre fundamentado nos Referenciais Curriculares da Rede Municipal de Niterói. Eles vão sanar dúvidas, buscar engajamento dos alunos nas atividades desenvolvidas pelos professores”, esclarece a subsecretária de Desenvolvimento Educacional, Ana Schilke.

*P.A.L.A.V.R.A.* – O objetivo do P.A.L.A.V.R.A é potencializar os processos de aprendizagem, visando superar as marcas causadas pela pandemia da Covid-19, e contará com investimentos de aproximadamente R$ 7 milhões. A iniciativa vai possibilitar que estudantes da UFF ganhem uma bolsa, paga pela Prefeitura, para atuar nas escolas da Rede Municipal, apoiando os professores. O programa está alinhado ao Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 4 (ODS 4), que visa garantir uma educação de qualidade, inclusiva e equitativa para todos.

Matérias Relacionadas