Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9953 | Euro R$ 5,4069
Search

Homem acusa vizinho de matar pitbull a facadas em Itaboraí

Imagens de câmeras de segurança teriam registrado homem com o facão

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 31 de janeiro de 2024 - 09:47
Max tinha cerca de 4 anos
Max tinha cerca de 4 anos -

O dono de um cachorro da raça pitbull acusa o vizinho de ter assassinado seu cão a facadas em Itaboraí, no dia 30 de dezembro do ano passado. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Segundo o tutor de Max, Wagner Almeida, o cão teria fugido de casa e brigado com o cachorro de um vizinho, que teria atacado seu animal de estimação com golpes de facão. Max chegou a ser socorrido e passou por cirurgia em um hospital veterinário, mas não resistiu aos ferimentos.


Leia mais: 

Homem é preso após roubo de celular em Niterói

Secretaria de Fazenda e Polícia Civil definem medidas para combater golpes do IPVA


A família conta que Max era um cachorro muito dócil e foi adotado há 4 anos, aos 45 dias de vida. Ele teria fugido no dia do ocorrido por conta de uma ventania que abriu o portão de sua casa.

Imagens de câmeras de segurança teriam registrado o momento em que o pitbull brincava com o vizinho antes de ser ferido. Momentos depois, o homem teria sido visto correndo atrás do cão com um facão. Desde então, o vizinho não teria sido mais visto.

O caso foi registrado na 71ª DP (Itaboraí), onde diligências estão em andamento para que o caso seja esclarecido.

Matérias Relacionadas