Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Daniel Alves muda versão e alega embriaguez, diz jornal

O julgamento do caso está marcado para acontecer em cerca de duas semanas

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 17 de janeiro de 2024 - 17:13
Em sua defesa, o jogador vai alegar que havia ingerido bebida alcoólica
Em sua defesa, o jogador vai alegar que havia ingerido bebida alcoólica -

O jogador Daniel Alves decidiu mudar sua versão e irá passar a alegar que estava embriagado na noite em que teria abusado sexualmente de uma jovem, em uma boate de Barcelona, em dezembro de 2022. O julgamento do caso está marcado para acontecer em cerca de duas semanas. A informação é do jornal espanhol El Periódico.

Em sua defesa, o jogador vai alegar que havia ingerido bebida alcoólica naquela noite e não tinha conhecimento de suas ações. Fontes próximas de Alves asseguram que a defesa pede a absolvição por considerá-lo anteriormente inocente, embora com o argumento da embriaguez pudesse ser aplicada uma redução da pena, segundo o jornal espanhol.


Leia mais

Dica para as férias: Livro de professora niteroiense ensina como ser um contador de histórias profissional

Acidente entre dois caminhões deixa Via Dutra interditada


Para corroborar a nova versão, os advogados de Alves pediram que a ex-mulher dele, Joana Sanz, relate os problemas frequentes do jogador com álcool. Eles também querem que ela diga se ele chegou em casa bêbado naquela noite, afirma o jornal.

Na manhã do dia 31 de dezembro, a modelo não estava na casa do casal em Sant Just Desvern, mas sim nas Ilhas Canárias, onde se despediu da mãe, que morreu poucos dias antes. A defesa quer que Sanz conte em primeira pessoa que naquela manhã o jogador chegou em casa muito alcoolizado.

Segundo a publicação, a ideia do jogador é manter a versão de que a relação com a mulher foi consensual, como argumentou em seu último depoimento. Mas, com a camada de que estaria embriagado, Daniel Alves tenta atenuar sua pena caso seja condenado.

Após um ano de investigações e a pouco menos de duas semanas do início do julgamento no Tribunal de Barcelona, esta é a primeira vez que o brasileiro cita que bebeu muito e, por isso, não tinha consciência dos seus atos.

O Tribunal de Barcelona já acatou o pedido, e é esperado que a modelo compareça no julgamento que será iniciado no dia 5 de fevereiro. Além da fala da modelo, o jogador também vai apresentar uma nota fiscal para comprovar o consumo de bebidas alcoólicas naquela noite.

Matérias Relacionadas