Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9953 | Euro R$ 5,4069
Search

Motorista de aplicativo é encontrado morto após sumir durante o trabalho

Corpo de Rodrigo Rangel, de 34 anos, foi identificado pela família

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 10 de dezembro de 2023 - 10:18
O motorista desapareceu enquanto realizada uma corrida no aplicativo
O motorista desapareceu enquanto realizada uma corrida no aplicativo -

Depois de cinco dias de buscas,  Rodrigo Cesário Rangel, de 34 anos, motociclista de aplicativo, foi encontrado sem vida. O corpo foi levado ao Instituto de Medicina Legal (IML), no Centro, e foi identificado por familiares na noite de sexta-feira (08).

O desaparecimento de Rodrigo ocorreu no domingo passado, logo após sair de casa, por volta das 18h, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, para atender a uma corrida. As circunstâncias e a causa de sua morte estão sendo investigadas pela Delegacia de Descobertas de Paradeiros (DDPA), que continua as diligências. Os agentes aguardam o laudo cadavérico, previsto para a próxima semana, que poderá esclarecer se houve violência ou perfurações por arma de fogo.

Segundo relatos da família, Rodrigo teve seu último contato com a esposa por volta das 19h40 do mesmo domingo, através de um aplicativo de mensagens, e não demonstrou nenhum comportamento atípico. O celular do motociclista foi desligado por volta das 20h20, em Curicica, conforme o sistema de localização do aparelho.


Leia mais:

Eletricista desaparece após fazer orçamento na Zona Oeste

Quase 300 pessoas estão desabrigadas em decorrência da chuva em Angra dos Reis


Registros na plataforma de viagens indicam que durante sua jornada, Rodrigo realizou uma corrida, transportando uma passageira em um bairro próximo. Um dos capacetes disponibilizados aos passageiros, de cor preta e rosa, foi encontrado na segunda-feira às margens da Estrada Arroio-Pavuna.

Após ser localizada pela família, a passageira - cujo nome foi mantido em sigilo - afirmou não estar ciente das circunstâncias do desaparecimento. Ela confirmou ter feito a corrida e revivenciou o trajeto da viagem junto com familiares. A usuária da plataforma de transporte relatou em entrevista ao O Dia, não ter percebido nada incomum no motociclista e se ofereceu para ajudar a família nas buscas.

De acordo com a família, o sepultamento do motociclista Rodrigo Rangel foi marcado para este domingo, às 15h, no Cemitério do Pechincha, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio.

Quem tiver informações sobre a morte do motociclista Rodrigo Rangel pode fazer contato com o Disque-Denúncia (2253-1177) ou com a Delegacia de Descoberta de Paradeiros- DDPA ((21) 2202-0343 / 2582-7130 / 2202-0344). Todas as informações têm a garantia do sigilo e anonimato.

Matérias Relacionadas